Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou

Por que tá me olhando assim com essa marrinha?
Respeite essa galera aqui da Capelinha
Você tá com amnésia, é? Eu vou te lembrar
Sou eu quem mando o cavaco chorar

Respeite a minha história
Eu sou veterano, não nasci agora
Porque
Eu sou do tempo do
Ai neném, oh neném
Diga aí!
Pa pa pa pa, sim!
Pode parar, porque
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou

E a viola chorou
E o cavaco gemeu
A percussão swingou
E o Harmonia sou eu
Porque
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou

Por que tá me olhando assim com essa marrinha?
Respeite essa galera aqui da Capelinha
Você tá com amnésia, é? Eu vou te lembrar
Sou eu quem mando o cavaco chorar

Respeite a minha história
Nascido e criado na rua da Glória
Porque
Eu sou do tempo do
Ai neném, neném
Oh neném
Diga aí!
Pa pa pa pa, sim!
Pode parar, porque
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou

E a viola chorou
E o cavaco gemeu
A percussão swingou
E o Harmonia sou eu
Porque
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou

Oh, mamãe
Eu não consigo mais viver assim
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou
Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Fagner Ferreira / Filipe Escandurras / Robbson Ribeiro · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Comunicação
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.