Tenho um coração deserto
Onde não mora ninguém
O fado mora lá perto
E é ele quem me quer bem

Do vão da minha janela
Eu vejo a lua passar
O peito chama por ela
Mas ela não quer entrar

Na rua não há viv’alma
Só o fado me quer bem
D’a-me o caminha da alma
E fica triste também

Pus um escrito no destino
Ninguém o quer habitar
Só o fado é inquilino
E paga a renda a chorar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: João Monge. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Mário. Legendado por Mário. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts