Foto do artista G.R.E.S. Imperatriz Leopoldinense (RJ)

Samba-Enredo 1993 - Marquês Que É Marquês, do Sassarico É Freguês

G.R.E.S. Imperatriz Leopoldinense (RJ)


Vou passar mais uma vez
Na avenida da ilusão
Carnaval, alegria geral no meu coração
Vem de lá, da Corte Imperial (Lá vem Marquês)
O Marquês iluminado
Bi-centenário
Palco do meu carnaval (E assim)
Assim na Serração da Velha
Nasceu a semente que embalou a multidão
Baila, baila comigo, meu amor mascarado
No jogo da sedução

Oh joga água, amor, limão de cera
Oh vale tudo nesta brincadeira

O luxo das Grandes Sociedades
Coloriu felicidade nos olhos do Imperador
E hoje essa folia
Tem na Apoteose seu esplendor
E como será, além do infinito
O sonho desse povo tão bonito
De verde e branco sambando vem o Marquês (ê ê)
Sassaricando, mostrando que é freguês
O samba é raça, é paixão, viver feliz
Desfilando na Imperatriz (Eu vou)

Eu vou no sassarico, eu vou
Nessa que eu quero ir
Balança Sapucaí

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Alexandre Da Imperatriz / Alvinho / Aranha / Marcio André · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Ana
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.