Everyday I Die

[Violent J]
I tried to visit Shaggy, I stepped up off of my porch
And it was dark as fuck I couldn't see, not even with a torch
I hear the streets talkin, and they aware of my move
They whisperin, and swingin, from the trees above
I hear the loons
I try to jog a little, crow eyes, glow like cats
Demonic zombies runnin' up on me, I slap 'em with the bat
But my eyes keep bleedin', from the rays of the darkness
They powerful, and burn you somethin heartless (uh!)
I hear a giant thumpin'
Some kind of ogre, or somethin'
I see the phatom screamin, as this giant behemoth, is comin'
And it swung at me, I felt a rip my head went spinnin'
Flippin and rollin, and finally landed in position
I could see my body, still standin, headless as fuck
It finally fell, but what the hell, still got my nugget, but I'm stuck
I can't move, fuck i'm only a face, why even try
On top of that, it's a centipede crawlin' in my eye
I wanna die

[Chorus 2x]
Everyday I die
(Back to the start, another try)
I got the time so why should't I?

(I got too much time on my hands)

[Shaggy 2 Dope]
I tried to visit J, I walked out into the cold
I see they don't collect they dead, they all up over the road
And some, are fully rotted
And some, they must've just spotted
I seen a headless body that resembles J's, but I doubt it
I seen a centaur, I threw a pitch fork at it above
I watch it fall into a bloody patch of bodies and blood
I'm fuckin' 'bout to hurl, I close my eyes and walk on
It's giant crows swoopin at me, got me, carry me on
I cut it's claws, with the hatchet, I keep in my hand
Even in hell, you best believe, I keep the hatchet in my hand
And as I'm fallin' now, I see the witches right on my chest
With its claws on my neck, screamin' I shoulda confessed
I slammed down into an iron gate, a demon statue near me
Four points stickin out my chest, I'm hangin there dearly
And the hungry goblins, they gotta fire beneath me
They cookin' my legs, to make myself eat me
I wanna die

[Chorus]
Everyday I die
(Back to the start, another try)
I got the time so why should't I?

(I got too much time on my hands)
(I got too much time on my hands)
(I got too much time on my hands)
(I got too much time on my hands)
(I got too much time on my hands)

[Chorus till song ends]
Everyday I die
(Back to the start, another try)
I got the time so why should't I?

Todo Dia Eu Morro

[Violent J]
Eu tentei visitar o Shaggy, desci da minha varada
E estava escuro pra porra, não enxergava nada, nem mesmo com uma tocha
Ouço barulhos na rua, e eles estão me seguindo
Eles sussurram, e golpeiam, vindo das arvores
Ouço os mergulhões
Tentei correr, os olhos de corvos brilham como de gatos
Zumbis demoníacos vindo em minha direção, eu golpeio eles com um taco
Mas meus olhos seguem sangrando por conta dos raios da escuridão
Eles são fortes e te queimam sem piedade
Ouço um gigante andando
Algum tipo de ogro ou algo do tipo
Vejo o fantasma gritando enquanto o Behemoth se aproxima
E ele me bateu, senti o golpe, minha cabeça girou
Girando e rolando até finalmente parando
Pude ver meu corpo, ainda em pé, decapitado
Finalmente ele caiu, mas que porra, mantenho minha erva, mas estou preso
Não consigo me mexer, sou apenas um rosto, por que tentar?
Pra piorar uma centopeia rasteja no meu olho
Quero morrer

Refrão 2x
Todo dia eu morro
(De volta ao inicio, outra tentativa)
Tenho tempo, porque não deveria?

Tenho tempo demais disponível

[Shaggy 2 Dope]
Tentei visitar o J, sai no frio
Vejo que eles não recolhem os mortos, estão todos na estrada
E alguns estão totalmente apodrecidos
E alguém deve ter visto
Eu vi um corpo decapitado que lembra o J, mas duvido
Vi um centauro, joguei um forcado nele
Vi ele cair ensanguentado, partes e sangue
Estou para prestes a atirar, fecho meus olhos e sigo
Corvos gigantes me atacam e me levam
Cortei as garras com meu machadinho
Mesmo no inferno, pode crer, sempre tenho meu machadinho
E enquanto estou caindo, vejo bruxas no meu peito
Com suas garras no meu pescoço, gritando para eu confessar
Eu cheguei num portão de aço, uma estátua de demônio ao meu lado
Quatro pontos no meu peito, estou resistindo com muita força
E os goblins famintos, eles colocam fogo abaixo de mim
Cozinhando minhas pernas para eu comer a mim mesmo
Eu quero morrer

Refrão 2x
Todo dia eu morro
(De volta ao inicio, outra tentativa)
Tenho tempo, porque não deveria?

(Tenho tempo demais disponível)
(Tenho tempo demais disponível)
(Tenho tempo demais disponível)
(Tenho tempo demais disponível)
(Tenho tempo demais disponível)

[Refrão até o fim da música]
Todo dia eu morro
(De volta ao inicio, outra tentativa)
Tenho tempo, porque não deveria?

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: ICP Orchestra / Insane Clown Posse / Mike Puwal. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Juliett e traduzida por Pedro. Viu algum erro? Envie uma revisão.