Morning Theft

Jeff Buckley

exibições 7.301

Morning Theft

Time takes care of the wound
So I can believe
You had so much to give
You thought I couldn't see

Gifts for bootheels to crush
Promises, deceit
I had to send it away
To bring us back again

Your eyes and body brighten
Silent waters deep
Your precious daughter in the
Other room asleep

A kiss goodnight from every
Stranger that I meet
I had to send it away
To bring us back again

Morning theft
Unpretender left
Ungraceful

True self is what
Brought you here, to me
A place where we can
Accept this love

Friendship battered down by
Useless history
Unexamined failure

But what am I still to you
Come thief who stole from you
Or some fool drama queen
Whose chances were few?

Love brings us to who we need
A place where we can save
A heart that beats
As both siphon and reservoir

You're a woman, I'm a calf
You're a window, I'm a knife
We come together
Making chance in the starlight

Meet me tomorrow night
Or any day you want
I have no more right to wonder
Just how or when

And though the meaning fits
There's no relief in this
I miss my beautiful friend

I had to send it away
To bring her back again

­Manhã Roubada

O tempo cuida das feridas
Ou ao menos eu posso acreditar
Você tinha tanto pra dar,
Acho que eu não podia ver

Presentes para saltos de botas massacrarem
Promessas, desonestidade
Eu tinha que mandar isso embora
Pra nos trazer de volta de novo

Seus olhos e corpo brilhantes
Silenciosas águas profundas
Sua filha preciosa
No outro quarto adormecida

Um beijo de boa noite a cada
Estranho que encontro
Eu tinha que mandar isso embora
Pra nos trazer de volta de novo

Manhã roubada
Falsidade deixada
Sem graça

O verdadeiro eu é o que
Trouxe você aqui para mim
Um lugar onde podemos
Aceitar esse amor

Amizade golpeada por
Histórias inúteis
Fracasso não investigado

Mas o que eu ainda sou para você?
Algum ladrão que te roubou?
Ou algum bobo dramático
Cujas chances eram remotas?

O amor nos traz para quem nós precisamos
Um lugar onde podemos salvar
Um coração que bate
Como ambos sifão e reservatório

Você é uma mulher, eu sou um bezerro
Você é uma janela, sou uma faca
Viemos juntos fazendo
Chance na luz da estrela

Me encontre amanhã de noite
Ou qualquer dia que você quiser
Não tenho mais direito de pensar
Como ou quando

E embora o sentido se encaixe
Não há alívio nisso
Sinto falta da minha amiga linda

Eu tinha que mandar isso embora
Pra trazê-la de volta de novo