A minha inquieta alegria
Nasce de mim sem furor
Queima em mim seu calor
Nasce de mim
E a minha quieta agonia
Nasce de mim sem razão
Brota do meu coração
Nasce de mim
Também de mim nasce o medo
E seu irmão, o segredo
Mas não que eu tenha em mim
O que temer ou resguardar

Mas porque sou uma mulher marcada
Que ama pela primeira vez
Depois de um amor e outro amor
Ama outra vez

Mas o ciúme e a saudade
Esses nascem de ti
Com suas setas pontudas, nascem de ti

Com suas farpas agudas
Que sangram súplicas mudas
Ah! O ciúme e a saudade
Esses nascem de ti

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir