Ás vezes fico pensando, morena
Se tú pensas em mim, morena
Se tú pensas que lembra, morena
Mas por que lembras de mim!!!

Ás vezes fico pensando, morena
Se tú pensas em mim, morena
Se tú pensas que lembra, morena
Mas por que lembras de mim!

Será do troco, das piadas engraçadas
Que eu te contava a meia noite, meia voz
Do candeeiro, da fumaça desgraçada
Que atrapalhava nosso amor sob os lençois!

Dás madrugadas que o desejo convidava
Pra um passeio noturno pra variar
Ou do amor exagerado em noite fria
Quando a lua se escondia, pra não ter que espiar!

Era um tombo só
Feito o balanço do mar
Era um tombo só
Eu de cá você de lá
Mas era um tombo só
Feito o balanço do mar
E era um tombo só eu de cá, você de lá

Era um tombo só
Feito o balanço do mar
Era um tombo só
Eu de cá você de lá
Mas era um tombo só
Feito o balanço do mar
E era um tombo só eu de cá, você de lá

Ás vezes fico pensando, morena
Se tú pensas em mim, morena
Se tú pensas que lembra, morena
Mas por que lembras de mim!

Será do troco, das piadas engraçadas
Que eu te contava a meia noite, meia voz
Do candeeiro, da fumaça desgraçada
Que atrapalhava nosso amor sob os lençois!

Dás madrugadas que o desejo convidava
Pra um passeio noturno pra variar
Ou do amor exagerado em noite fria
Quando a lua se escondia, pra não ter que espiar!

Era um tombo só
Feito o balanço do mar
Era um tombo só
Eu de cá você de lá
Mas era um tombo só
Feito o balanço do mar
E era um tombo só eu de cá, você de lá

Era um tombo só
Feito o balanço do mar
Era um tombo só
Eu de cá você de lá
Mas era um tombo só
Feito o balanço do mar
E era um tombo só eu de cá, você de lá!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Jorge de Altinho / Petrtúcio Amorim. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Bruna. Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts