Não sei dizer do meu futuro
Estou tão só, tão inseguro
Na noite escura eu vou caminhar
Vou tentando sufocar
Meu grito triste e a vontade de chorar

O meu próprio pai não me entendeu
E não quis saber como eu vivia
Nem tão pouco o que eu sentia
Não tentou me compreender

Tentei erguer uma morada
Um lugar só meu, de minha amada
Onde eu pudesse ver a flor nascer
Não visse nunca a paz morrer
Tivesse amor pra dar e vontade de viver

Mas a ventania tudo destruiu
Meu sorriso vivo virou morte
Ao mudar em mim a sorte
Tudo se acabou pra mim

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir