Foto do artista José Cura

Se Quel Guerrier Io Fossi!... Celeste Aida

José Cura


tradução automática via Revisar tradução

Se Quel Guerrier Io Fossi!... Celeste Aida

Se quel guerrier
Io fossi! se il mio sogno
S'avverasse!... Un esercito di prodi
Da me guidato... e la vittoria... e il plauso
Di Menfi tutta! E a te, mia dolce Aida,
Tornar di lauri cinto...
Dirti: per te ho pugnato, per to ho vinto!

Celeste Aida, forma divina.
Mistico serto di luce e fior,
Del mio pensiero tu sei regina,
Tu di mia vita sei lo splendor.

Il tuo bel cielo vorrei redarti,
Le dolci brezze del patrio suol;
Un regal serta sul crin posarti,
Ergerti un trono vicino al sol.

Se Quel Guerrier Io Fossi!... Celeste Aida (Tradução)

Se o guerreiro
Eu era! se o meu sonho
S'avverasse! ... Um exército de bravos
Guiado por mim ... ea vitória ... e aplausos
Todos Memphis! E você, meu doce Aida,
Retorno de louro cingido ...
Dizer-lhe: Eu entrego a você, pois tenho de ganhar!

Celeste Aida, forma divina.
Guirlanda mística de luz e flores,
Você é a rainha do meu pensamento,
Você é o esplendor da minha vida.

O seu belo céu Eu redarti,
A brisa suave de sua terra natal;
A Caserta real em posarti crin,
Ergerti trono um perto do sol.

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Enviar
Composição: Giuseppe Verdi Libretto Di Antonio Ghislazoni · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Paulo
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.