exibições 107.396
Foto do artista Joyce Jonathan

Je Ne Sais Pas

Joyce Jonathan


Je Ne Sais Pas

Il y a des mots qui me gênent des centaines de mots des milliers de rengaines qui ne sont jamais les mêmes

Comment te dire? Je veux pas te mentir tu m'attires
Et c'est la que ce trouve le vrai fond du problème

Ton orgueil, tes caprices, tes baisers, des délices
Tes désirs, des supplices, je vois vraiment pas où ça nous mène

Alors, on se raisonne,
C'est pas la fin de notre monde
Et à tort, on se questionne encore une dernière fois

Je ne sais pas comment te dire
J'aurais peur de tout foutre en l'air
De tout détruire
Un tas d'idées à mettre au clair
Depuis longtemps
Mais j'ai toujours laissé derrière
Mes sentiments

Parfois je me dis que j'ai tors de rester si passive
Mais toi tu me regardes, moi je te dévore
Mais c'est parfois trop dur de discerner l'amour
Mon ami, mon amant, mon amour, et bien plus encore

Alors, on se raisonne,
C'est pas la fin de notre monde
Et à tort, on se questionne encore une dernière fois

Je ne sais pas comment te dire
J'aurais peur de tout foutre en l'air
De tout détruire
Un tas d'idées à mettre au clair
Depuis longtemps
Mais j'ai toujours laissé derrière
Mes sentiments

Je ne sais pas comment te dire
J'aurais peur de tout foutre en l'air
De tout détruire
Un tas d'idées à mettre au clair
Depuis longtemps
Mais j'ai toujours laissé derrière
Mes sentiments

Je te veux toi avec défauts
Et tes problèmes de fabrications
Je te veux toi, j'veux pas un faux
Pas de contrefaçons
J'vais pas te rendre pour prendre un autre
J' vais pas te vendre pour une ou deux fautes
Je veux tes mots, je veux ta peau
C'est jamais trop

Je te veux plus, changé d'avis
J'ai vu un autre un peu plus joli
Je ne veux pas, je ne veux plus
Jamais voulu
Et puis t'es qui j'te connais pas
T'as dû rêver ce n'était pas moi
Mes confusions, tu les connais
Laissons tomber

Comment te dire
J'aurais peur de tout foutre en l'air
De tout détruire
Un tas d'idées à mettre au clair
Depuis longtemps
Mais j'ai toujours laissé derrière
Mes sentiments

Je ne sais pas comment te dire
J'aurais peur de tout foutre en l'air
De tout détruire
Un tas d'idées à mettre au clair
Depuis longtemps
Mais j'ai toujours laissé derrière
Mes sentiments

Je ne sais pas comment te dire
J'aurais peur de tout foutre en l'air
De tout détruire
Un tas d'idées à mettre au clair
Depuis longtemps
Mais j'ai toujours laissé derrière
Mes sentiments

Eu Não Sei

Há palavras que me perturbam, centenas de palavras, milhares de ladainhas que nunca são as mesmas

Como te dizer? Eu não quero mentir, você me atrai
E esta é a verdadeira essência do problema

Seu orgulho, seus caprichos, seus beijos, suas delícias
Seus prazeres, suas suplicas, eu realmente não vejo onde isto nos leva

Então, a gente se justifica
E não é o fim do nosso mundo
Sem razão, nos questionamos ainda uma ultima vez

Eu não sei como te dizer
Teria medo de ferrar com tudo
De tudo destruir
Um monte de idéias à esclarecer
Há muito tempo
Mas eu sempre deixo pra lá
Meus sentimentos

Às vezes me digo que estou errada de ficar tão passiva
Mas você olha pra mim e eu te devoro
E às vezes é muito difícil discernir o amor
Meu amigo, meu amante, meu amor e bem mais ainda

Então, a gente se justifica
E não é o fim do nosso mundo
Sem razão, nos questionamos ainda uma ultima vez

Eu não sei como te dizer
Teria medo de ferrar com tudo
De tudo destruir
Um monte de ideias à esclarecer
Há muito tempo
Mas eu sempre deixo pra lá
Meus sentimentos

Eu não sei como te dizer
Teria medo de ferrar com tudo
De tudo destruir
Um monte de ideias à esclarecer
Há muito tempo
Mas eu sempre deixo pra lá
Meus sentimentos

Eu te quero com seus defeitos
E seus problemas de fabricação
Eu quero você, não quero algo adulterado
Não quero falsificações
Eu não vou te devolver pra pegar um outro
Eu não vou te vender por um ou dois erros
Eu quero suas palavras, quero a sua pele
Nunca é demais

Não te quero mais, mudei de ideia
Eu vi um outro um pouco mais bonito
Eu não quero, eu não quero mais
Jamais quis
E no mais, quem é você? Eu não te conheço
Você deve ter sonhado, não era eu
Minhas confusões, você as conhece
Deixemos pra lá

Como te dizer
Teria medo de ferrar com tudo
De tudo destruir
Um monte de idéias à esclarecer
Há muito tempo
Mas eu sempre deixo pra lá
Meus sentimentos

Eu não sei como te dizer
Teria medo de ferrar com tudo
De tudo destruir
Um monte de ideias à esclarecer
Há muito tempo
Mas eu sempre deixo pra lá
Meus sentimentos

Eu não sei como te dizer
Teria medo de ferrar com tudo
De tudo destruir
Um monte de ideias à esclarecer
Há muito tempo
Mas eu sempre deixo pra lá
Meus sentimentos

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Fabien Nataf / Joyce Jonathan · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Jessyca, Traduzida por Carolline, Legendado por breno
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.