exibições 37

Cuando No Estás

Juan Solo


Cuando No Estás

Otra noche que se va, siguen sin dejarme dormir
Estas manos que enloquecen preguntándome por ti
Huyendo de la soledad, siento que el destino es más cruel
Alejado de tus brazos no sé cuánto aguantaré

Quiero regresar el tiempo, volvernos a encontrar
Despegar los pies del suelo y el mundo fabricar
Vuelve a ser mi sol, mi viento
Me cuesta respirar si no te siento
Me vuelvo invierno... Cuando no estás

Y yo que intento volar, cambié mis días de dirección
Pensando que no harías falta, en un infierno vivo hoy
Dicen que te deje atrás, no comprenden de ni la mitad
No conocen el efecto de tus besos que hacen estallar

Quiero regresar el tiempo

Sigo buscando tus pasos en mi sombra
Que ha escapado corriendo tras de ti

Quiero regresar el tiempo

Quando Você Não Está

Outra noite que se vai, seguem sem me deixar dormir
Estas mãos que enlouquecem me perguntando por você
Fugindo da solidão, sinto que o destino é mais cruel
Afastado de seus braços não sei quanto aguentarei

Eu quero voltar no tempo, voltar a nos encontrar
Descolar meus pés do chão e o mundo fabricar
Volte a ser o meu sol, o meu vento
Eu mal posso respirar se não te sinto
Eu volto ao inverno... Quando você não está

E eu tento voar, mudei meus dias de direção
Pensando que não me faria falta, em um inferno vivo hoje
Dizem que eu te deixe para trás, não entendem nem a metade
Não conhecem o efeito de seu beijos que fazem explodir

Eu quero voltar no tempo

Sigo procurando seus passos em minha sombra
Que escapou correndo atrás de você

Eu quero voltar no tempo

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog