É, tava tudo apagado
Ela me deu a luz com 16 anos de idade
Ainda me sinto um moleque, tô com 25
Nós vai tá junto até a eternidade
Não preciso inventar história, não
Nunca me faltou comida no prato
Já esqueci de tanta coisa
Mas lembro quando nós dormia no mesmo quarto
Ela me gritando na rua e eu descalço e sem camisa
Correndo no chão de barro, aquelas coisas de moleque
Feliz com tão pouco e viver tá tão caro
Queria poder expressar todo esse sentimento de uma forma mais clara
Sempre que eu saio de casa ela diz que me ama
Melhor ainda é ter certeza quando ela não fala

Bença, mãe, obrigado por tudo
Teu menino agora é um homem
Não sou conhecido no mundo todo
Mas grande parte desse mundo vai saber seu nome
Bença, mãe, obrigado por tudo
Teu menino agora é um homem
Não sou conhecido no mundo todo
Mas grande parte desse mundo vai saber seu nome

Silvana, Silvana, Silvana, Silvana

Geral sabe que eu sou da paz
Faço rap de mensagem, daquele que fortalece
Sabe também que mãe é sagrada, então
Fala da minha pra tu ver o que te acontece
Me formei no supletivo, tranquei faculdade
Larguei o trabalho
Se eu conseguisse voltar no tempo
Eu não teria perdido tua festa de aniversário, mãe
Vi meu pai sem dinheiro para pagar as contas
Também já vi a senhora chorando na sala
Filho, fica com a tua mãe, que eu tô indo pra luta
Deus é fiel, já já essa fase passa
Minha família é o meu exemplo de integridade
Por onde passo lembro da gente
Juntando pouco, juntando muito
Desde o inicio e daqui pra frente
Mãe, é que hoje é o seu dia e o da dona Marlene também
Te amo tanto, vó; Pra quem deu tanto trabalho na escola, até que hoje eu tô bem
A senhora me perguntando sobre faculdade
Mas tudo que eu queria era andar de skate
Desculpa, pai, ter largado a corretagem
Meu sonho era ser profissional no Street
Tentava não dormir até ela chegar em casa
Várias vezes ela não dormia enquanto eu não chegava
Agora eu sei, o tempo passa
Impossível esconder o sentimento enquanto nós se abraça
Hoje eu vi que a minha vitória é te fazer sorrir
Desculpa todas vezes que te fiz chorar
Cê sabe que a culpa é sua eu me tornar isso aqui
Nós vai tá junto pra sempre e em qualquer lugar

Bença, mãe, obrigado por tudo
Teu menino agora é um homem
Não sou conhecido no mundo todo
Mas grande parte desse mundo vai saber seu nome

Silvana, Silvana, Silvana, Silvana

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir