El Duelo

Con una lágrima de fe sobre tu piel
Olvidé la grieta que dejó tu amor
Pero ese instinto tal vino de tu ser
Me obligó a azotarte tiernamente

Sin dolor no te haces feliz
Sin dolor no te haces feliz
Sin amor
No sufras más

Toda esa noche provocaste ver en mi
Lo que a nadie ha muestro en la intimidad
Pero ese tipo de mirada que hay en ti
Me obligó a matarte lentamente

Sin dolor no te haces feliz
Sin dolor no te haces feliz
Sin amor
Tiernamente

Sin dolor no te haces feliz
Sin dolor no te haces feliz
Sin amor
No sufras más

O Duelo

Com uma lágrima de fé sobre tua pele
esqueça o corte que teu amor deixou
mas esse instinto taurino de teu ser
me obrigou a chicoteá-la ternamente

Sem dor, não te tornas feliz
Sem dor, não te tornas feliz
sem amor...
não sofres mais

Toda essa noite que provocaste, vê em mim
o que a nada nosso na intimidade
mas esse tipo de olhar que há em ti
me obrigou a matar-te lentamente

Sem dor, não te tornas feliz
Sem dor, não te tornas feliz
sem amor...lentamente

Sem dor, não te tornas feliz
Sem dor, não te tornas feliz
sem amor...
não sofres mais

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts