Nada Está a Meu Favor

Lab


Hoje eu tomei coragem de andar por ai
Encontrar um lugar calmo para refletir
O silêncio do meu quarto está a pertubar
Onde era conforto, não da mais pra relaxar

Abro a janela mas a chuva está forte la fora
Sem condições nenhuma de eu poder sair agora
Mas a minha demora, faz tempo eu perder
E o mundo la fora, eu quero conhecer

Eu sei que faz sentido esperar a chuva passar
Mas tenho a opção do guarda -chuva eu levar
Mas como eu vou pisar, neste chão molhado
Não quero la chegar com o tênis encharcado

Sem opção então agora o que eu vou fazer
Se eu esperar passar um grande tempo eu vou perder
Não sei o que fazer, eu vou voltar pra cama
Fechar a janela e esquecer essa vontade insana

Pois é, não vem dizer que do meu quarto eu não tentei sair
Mas tem algo la fora que esta a me impedir
É mais forte que eu, não da pra confrontar
Eu não quero vencer, muito menos tentar

A, eu vou deixar tudo assim como está
Com meu silêncio eu volto logo a me acostumar
Me "esforcei" e nada aqui eu consigui mudar
Se não mudei é que não mais nada a melhorar

É sempre assim eu me esforço e nada consigo
Tenho o azar como parceiro e melhor amigo
Quero mudar mas nada está a meu favor
E sempre acabo ficando do jeito que estou

Não sei se algum dia algo eu vou poder fazer
Enquanto isso eu vou voltar e me esconder
E quando escurecer terei de volta meu conforto
E se meus olhos não fecharem sei que nao estou morto

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts