Wo Sind Die Rosen?

Lale Andersen

exibições 406

Wo Sind Die Rosen?

Wo sind die Rosen,
Die du mir einst gebracht ?
Wo ist die Liebe,
Die uns so glücklich gemacht ?
Wo ist die Treue,
Die bleibt und nie vergeht ?
Sie ist wie die Rosen:
Verwelkt und verweht.

Você É Meu Outro

Alma ou irmã
Gêmeo ou irmão
De nada, mas quem é você?
Você é meu maior mistério
Meu único lugar próximo
Tu me enrubeces e me embriona
E você me guarda em teus olhos
Você é o único animal
De minha arca perdida
Tu só falas uma língua,
Nenhuma palavra dita
Aquela que faz de ti, meu outro,
O ser reconhecido
Não há nada para compreender
E que passe ao intrusivo
Que não poderá esperar nada disso
Pois eu estou sozinha escutando
Os silêncios e quando eu tremo com isso

Tu, tu és meu outro
A força de minha fé, minha fraqueza e minha lei
Minha insolência e meu direito
Eu, eu sou teu outro
Se não fôssemos daqui
Seríamos o infinito

E se um de nós dois cair,
A arvore da nossa vida
Nos manterá longe da sombra
Entre céu e o fruto
Mas nunca longe um do outro,
Nós seríamos amaldiçoados.
Você será meu ultimo segundo
Pois eu estou sozinha escutando
Os silêncios e quando eu tremo com isso

Tu, tu és meu outro
A força de minha fé,
Minha fraqueza e minha lei
Minha insolência e meu direito
Eu, eu sou teu outro
Se não fôssemos daqui
Seríamos o infinito
E se um de nós dois cair...

Composição: Bruno Balz / Heine Gaze · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por nathalia, Traduzida por Tarcisio
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.