Devil's Spoke

I might be apart of this
Ripple on water from a lonesome drip
A fallen tree that witness me
I'm alone,
Him and me.

And then life it's self can not aspire
To have someone be so admired
I threw creation to my king
Have the silence broken by a whispered wind.

All of this can be broken
All of this can be broken
Hold your devil by his spoke
And spin him to the ground.

And root to root and tip to tip
I look at him my country gip
Let it up I own his fears
But someone brought you close to tears.

Many trains and many miles
Like you to me on this sunny isle
What of which you wish to speak
Have you come here to rescue me?

All of this can be broken
All of this can be broken
Hold your devil by his spoke
And spin him to the ground.

But the love of your life
Lives but lies no more
And where she lay
A flower grows.

The arms are fed
The babes have wed
And the backs have bled,
Keeping her in tow.

But I am your keeper
And I hold your face away from light
I am yours 'till they come
I am yours 'till they come.

Eye to eye
Nose to nose
Ripping off each others clothes
In the most perculiar way.

Eye to eye
Nose to nose
Ripping off each others clothes
In the most perculiar way.

Fala do Diabo

Eu poderia ser uma parte disto:
Onda na água a partir de uma gota solitária
Uma árvore caída que me serviu de testemunha:
Só ele,
Ele e eu

E que a própria vida não poderia aspirar
Ter alguém e ser tão admirado,
Eu joguei a criação dos meus pais [fora],
Com um silêncio quebrado por um vento sussurrante

Tudo isso pode ser quebrado,
Tudo isso pode ser quebrado,
Pegue o diabo por sua fala
E acabe com ele

De raiz a raiz, e de ponta a ponta,
Eu olho para ele, a gota do meu país,
Encouraçado por todos os seus medos,
Mas alguém te trouxe mais próximo das lágrimas.

Muitos trens e muitas milhas
Te trouxeram até mim nesta ilha ensolarada
E aquilo que você quiser falar
Você veio até aqui para me salvar?

Tudo isto pode ser quebrado,
Tudo isto pode ser quebrado,
Pegue o diabo por sua fala
E acabe com ele

Mas o amor da sua vida vive,
Mas não mais reside
Onde ela se deitava
As flores crescerem,

Os braços que alimentaram
Bebês que casaram,
As costas que sangraram
A mantem longe

Mas eu sou seu protetor,
E eu mantive a sua face longe da luz,
Eu serei seu até que eles venham,
Eu serei seu até que eles venham!

Olhos nos olhos,
Nariz no nariz,
Tirando um a roupa do outro
Da maneira mais peculiar.

Olhos nos olhos,
Nariz no nariz,
Tirando um a roupa do outro
Da maneira mais peculiar.

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Laura Marling · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Thales, Traduzida por Rosie, Legendado por Vitória
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.