Made By Maid

They danced like sirens
Hoping the sun would come out again
And I was born in the fog of that day
Could they hear a babe, under all that faith
Or have they forgot what it was they made?

Crawled out of the fog, found a river
Found a log and f loated away
Didn't think I'd be coming back this way
But my feet resolute, found their root
And brought me back to its place

And on the hill where I was born
There is a rose without a thorn
They cut it off each year and give it away

But can they hear a babe, after all these days
Or have they forgot what it was that they made?

So left to wander blind
I Find myself in cautious times, and they say
Love's labours never lost
But labour on to this very day

So I walk into the fog
Find a babe atop a log, and all alone
Took him under, took him on
Taught him everything about the world I've come to know

He blames me for every wrong ever he made
I'm blamed for every wrong ever he made
Forgive me I am only a maid
Forgive me I am only a maid

But I can still see a babe
Under all that blame
But I am forgot from the day I am laid

Feito Pela Criada

Eles dançaram como sirenes,
Esperando que o Sol saísse outra vez
E eu nasci na neblina daquele dia
Poderiam eles ouvir um bebê, através de toda aquela fé,
Ou eles se esqueceram o que foi que fizeram?

Rastejei para fora da neblina, encontrei um rio
Encontrei uma tora e flutuei
Não imaginei que voltaria desse jeito
Mas meus pés firmes, encontraram sua origem
E me trouxeram de volta para esse lugar

E na montanha em que nasci
Há uma rosa sem espinho
Eles a cortam cada ano e jogam fora

Mas podem eles ouvir um bebê, depois de todos esses dias
Ou eles se esqueceram que isso foi o que fizeram?

Então deixo passar,
Eu me encontro em tempos cautelosos, e eles dizem
Os trabalhos do amor nunca perdem,
Mas trabalham para esse dia

Então eu caminho para dentro da nebline,
Encontro um bebê em cima de um toco, e completamente sozinho
Peguei-o, o trouxe para baixo
Ensinei-o tudo o que sabia sobre o mundo

Ele me culpa por todos os erros que cometeu
Eu sou culpada por todos os erros que cometeu
Perdoe-me, sou somente uma empregada
Perdoe-me, sou somente uma empregada

Mas eu ainda posso ver um bebê
Através toda aquela culpa
Mas estou esquecida do dia que eu fui colocada

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Laura Marling · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Bárbara, Traduzida por louise, Legendado por Vitória
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.