Como Una Danza

Laura Pausini

exibições 3.924

Como Una Danza

Me perderé, se me hace extraño, mas lo asumiré
Mientras miro sin sentido a la pared
Caminaré al desierto que se ha abierto frente a mí
En la huella de un perdido paraíso
Que ya nadie quiso dividir (sola yo no sé vivir)

Como un ladrón iré
Sin saber lo que es el mal, lo que es el bien
Sin al menos conocer lo que ha pasado

Ah, como una danza va
La vida avanza y ya lejos nos llevará
Y va, como un océano que
Baila diciéndome cuanto me equivoqué
Porque yo sola aquí
Ya no sabré vivir (sola ya no sé vivir)

Me salvaré, porque si esta vida cambia, yo también
Por un beso que he buscado, que hasta ayer no pudo ser
Es morirse o puedes renacer así
Cuántas caricias hay, cuánta melancolía (la mía)

El dolor tarde o temprano se termina
Como un vértigo que me domina
Y que me hará sentir ahora viva

Ah, como una danza va
La vida avanza y ya lejos nos llevará
Y va, como un océano que baila diciéndome
Que ahogaría en él cuanto me equivoqué

Ah, como una danza va
La vida avanza y ya nunca nos dejará
Y va, busca esperanzas, va
Como una danza y ya mis ojos brillarán
Porque yo sola ya, volveré a llorar
Como una danza

La vida cambia y cambiaré
Como una danza viviré
Con la esperanza que busqué

Como una danza vida avanza
Como una danza
Y como una danza la vida avanza junto a mí, a mí
Sola ya no sé vivir, sola ya no sé vivir, así
Como una danza

Laura Pausini - Como uma Dança

Me perderei, se me sinto extranha mas o assumirei
enquanto olho sem sentido à parede.
Caminharei ao deserto que se abriu frente a mim
nos rastros de um perdido paraiso
que ja ninguem quis dividir. (Sozinha eu não sei viver).

Como um ladrão irei
sem saber o que é o mal, o que é o bem,
sem ao menos conhecer o que tem passado.

Ah, como uma dança vai,
a vida avança e já longe nos levará.
dança dizendo-me quanto me enganei.
porque eu sozinha aqui
já não saberei vivier. (sozinha já não sei vivier)

Me salvarei, porque se esta vida muda, eu tambem,
por um beijo que tenho buscado, que até ontem não posso ser,
é morre ou renascer assim.
quantas caricias há, quanta melancolia. (A minha).

a dor tarde ou cedo se termina
como uma vertigem que me domina
e que me fará sentir agora viva.

Ah, como uma dança vai,
a vida avança e já longe nos levara
y vai, como um oceano que dança dizendo-me
que afogaria nele quanto me enganei

Ah, como uma dança vai,
a vida avança e nunca nos deixara
e vai, busca esperenças, vai
como uma dança e já meus olhos brilham
porque sozinha já, não voltarei a chorar
como uma dança

como uma dança a vida avança
como uma dança
como uma dança
como uma dança viverei