Todo Vuelve a Empezar

Laura Pausini

exibições 6.163

Todo Vuelve a Empezar

Tras la marea nadie tiene sed
nos lastimamos suficiente
cuesta mirarnos frente a frente

Después de un puño contra la pared
de donde arranco yo un abrazo
mientras tú juntas los pedazos

Es preferible callar
necesitamos el silencio para respirar

Llora conmigo hasta que el cielo sea cielo
hasta que el frío que hoy sentimos se convierta en fuego
hasta que llore el mar
y el beso que quedó vacío ocupe su lugar
y todo vuelva a empezar

Pasan las tardes sin mirar, sin ver
nos aguantamos el cariño
por no portarnos como niños

Mejor sentarme al borde de tu piel
que echarles sal a las heridas
de quien más amo en esta vida

La calma está por llegar
en cuanto aclare la tormenta
nos vamos a encontrar

Llora conmigo hasta que el cielo sea cielo
hasta que el frío que hoy sentimos se convierta en fuego
hasta que llore el mar
y el beso que quedó vacío ocupe su lugar
y todo vuelva a empezar

Tomo distancia y sigo aquí
tan lejos y tan cerca de ti
que no me faltas

Sé que la rabia es pasajera
y aunque otra guerra espera
Yo no me marcho
tú no me dejas

Llora conmigo hasta que el cielo sea cielo
hasta que el frío que hoy sentimos se convierta en fuego
hasta que llore el mar
y el beso que quedó vacío ocupe su lugar
y todo vuelva a empezar

Y todo vuelva a empezar.

Tudo Volta a Começar

Atrás da maré ninguém tem sede
Nos lastimamos o suficiente
Custa olhar-nos frente a frente

Depois de um punho contra a parede
De onde arranco um abraço
Enquanto você junta os pedaços

É preferível calar-se
Necessitamos do silêncio para respirar

Chora comigo até que o céu seja céu
Até que o frio que hoje sentimos se converta em fogo
Até que chore o mar
E o beijo que ficou vazio ocupe seu lugar
E tudo volte a começar

Passam as tardes sem olhar...sem ver
Nós aguentamos sem carinho
Por não não portarmos como crianças

Melhor me sentar perto de sua pele
Que jogar sal nas feridas
De quem mais amo nessa vida

A calma está por chegar
Enquanto clareia a tempestade
Iremos nos encontrar

Chora comigo até que o céu seja céu
Até que o frio que hoje sentimos se converta em fogo
Até que chore o mar
E o beijo que ficou vazio ocupe seu lugar
E tudo volta a começar

Tomo distância e sigo aqui
Tão longe e tão perto de você
Que não me faltou..( não me faltas)

Sei que a raiva é passageira
E ainda que outra guerra espere...
Eu não vou embora.
você não me deixa!

Chora comigo até que o céu seja céu
Até que o frio que hoje sentimos se converta em fogo
Até que chore o mar
E o beijo que ficou vazio ocupe seu lugar
E tudo volte a começar

E tudo volte a começar.