Un Giorno Dove Vivere

Laura Pausini

exibições 4.569

Un Giorno Dove Vivere

È una ferita che non rimargina
bagnata dalla stessa lacrima
come lui insieme a lui altri mille
foglie al vento ormai

Non hanno terra non hanno identità
né passaporto per la libertà
come lui insieme a lei altri mille
un silenzio ormai

Cercando, soltanto un giorno dove vivere
di cose normali e dolcissime
un giorno che non c'è paura
ma ancora non è qua
e già il cielo nevica
di strato nevica

Non puoi far finta di non accorgerti
che sono donne sono uomini
come te, come me come gl'altri
son tanti a inseguire il destino lo sai
un cammino ormai

Cercando nel buio
un giorno dove vivere
di cose normali e dolcissime
un giorno che non c'è paura
ma ancora non è qua
e già

Un giorno che non c'è ancora
ma quando arriverà vedrai
il cielo schiarirà
sarà domenica
il cielo schiarirà
sarà domenica
sarà domenica

Um Dia Onde Viver

É uma ferida que não cura
Molhada pela mesma lágrima
Como ele, junto dele, outras mil
folhas ao o vento agora

Não há terra, não há identidade
nem passaporte para a liberdade
Como ele, junto dela, outros mil
Um silêncio agora

Procurando, apenas um dia onde viver
De coisas normais e doces
Um dia em que não há medo
Mas que ainda não está aqui
E o céu já neva
De camadas de neve

Você não pode fingir de não perceber
que são Mulheres, que são Homens
Como você, como eu, como qualquer outro
São tantos a procurar o destino, você sabe,
Um caminho até agora

Procurando na escuridão
Um dia onde viver
De coisas normais e doces
Um dia em que não há nenhum medo
Mas que ainda não está aqui
E já

Um dia que ainda não existe
Mas quando chegar você verá
O céu clareará
Será domingo
O céu clareará
Será domingo
Será domingo