Un Hecho Obvio

Laura Pausini

exibições 6.734

Un Hecho Obvio

Inútil que ahora ya
Te obstines en el "no"
Negando un hecho obvio

Tú me necesitarás
De la misma forma que
Yo a ti también

Tú deja que ahora sea así
Toma el sueño que hay aquí
Y empieza a creer en mí
Y no te vayas jamás
Porque

Mientras que te quedes
Serás tú el más bello de mis males
Tú serás
En un mundo avaro
El oro por las manos
Y seré, seré lo mismo por ti

Admitirlo bastará
Por supuesto dolerá
Esta prueba es evidente

De un pasado estéril
Que no concede réplicas
Ni en futuro ni en presente

Así jamás
Nunca vuelvas hacia atrás
No nos sacrifiques más
porque

Mientras que te quedes
Serás tú el más bello de mis males
Tú serás
En un mundo avaro
El oro por las manos
Y seré, seré lo mismo
Seré lo mismo

Frente a la locura
Encontraré la cura que tú serás
Seré lo mismo por ti

Inútil que ahora ya
Te obstines en el no
Negando un hecho obvio

Um Fato Óbvio

Inútil que agora
Você persista no "não"
Negando um fato óbvio

Você precisa de mim
Da mesma forma que
Preciso de você também

Deixe que agora seja assim
Tom o sonho que há aqui
E comece a acreditar em mim
E não se vá jamais
Porque

Enquanto você ficar
Você será o mais belo dos meus males
Você será
Em um mundo voráz
O ouro pelas mãos
E serei, serei o mesmo por você

Admitir já bastará
Claro que vai doer
Esta prova é evidente

De um passado estéril que
Não concede réplicas
Nem no futuro, nem no presente

Assim, jamais
Nunca volte atrás
Não nos sacrifique mais
Porque

Enquanto você ficar
Você será o mais belo dos meus males
Você será
Em um mundo voraz
O ouro pelas mãos
E serei, serei o mesmo
Serei o mesmo

Confrontando com a loucura
Encontrarei a cura que você será
Serei o mesmo por você

Inútil que agora
Você persista no "não"
Negando um fato óbvio

Composição: Cheope / Daniel Vuletic / Laura Pausini · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Rafael, Traduzida por Reginaldo
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.