Benvenuto

Laura Pausini

exibições 146.538

Benvenuto

A te che perdi la strada di casa ma vai
Dove ti portano i piedi e lo sai
Che sei libero
Nelle tue scarpe fradice
A chi ha parole cattive soltanto perchè
Non ha saputo chiarire con sè
A chi supplica
E poi se ne dimentica
A chi non ha un segreto da sussurrare
Ma una bugia da sciogliere
A chi non chiede perdono
Ma lo avrà

Benvenuto a un pianto che commuove
Ad un cielo che promette neve
Benvenuto a chi sorride, a chi lancia sfide
A chi scambia i suoi consigli coi tuoi
Benvenuto a un treno verso il mare
E che arriva in tempo per natale
Benvenuto ad un artista, alla sua passione
Benvenuto a chi non cambierà mai
A un anno di noi

A questa luna che i sogni li avvera o li da
O li nasconde in opportunità
A chi scivola
A chi si trucca in macchina
E benvenuto sia questo lungo inverno
Se mai ci aiuta a crescere
A chi ha coraggio
E a chi ancora non ce l´ ha

Benvenuto a un pianto che commuove
Ad un cielo che promette neve
Benvenuto a chi si spoglia, per mestiere o voglia
E alle stelle chiede aiuto o pieta´
Benvenuto al dubbio delle spose
A un minuto pieno di sorprese
Benvenuto a un musicista, alla sua canzone
E agli accordi che diventano i miei
A un anno di noi

Al resto che verrà(stop stop stop) tutto il resto
A tutto questo che verrà (stop stop stop) tutto questo
A tutto il resto poi chissà(stop stop stop) tutto il resto
E poi.

A un anno di noi

Benvenuto a un pianto che commuove
Ad un cielo che promette neve
Benvenuto a chi sorride, a chi lancia sfide
E a chi scambia i suoi consigli coi tuoi
Benvenuto a un treno verso il mare
Scintilla e arriva in tempo per natale
Benvenuto ad un artista, alla sua intuizione
Benvenuto a un nuovo anno per noi
A un anno di noi
Un anno per noi
Per tutto e per noi
Un anno di noi

Bem-vindo

A você que perde o caminho de casa mas vai
Onde te trazem os pés e você sabe
Que é livre
Nos teus sapatos molhados
A quem tem palavrões apenas por que
Não soube esclarecer consigo
A quem suplica
E depois esquece
A quem não tem um segredo para sussurrar
Mas uma mentira para dissolver
A quem não pede perdão
Mas o terá

Bem-vindo a um choro que comove
A um céu que promete neve
Bem-vindo a quem sorri, a quem lança desafios
A quem troca os seus conselhos com os teus
Bem-vindo a um trem perto do mar
E que chega a tempo para o Natal
Bem-vindo a um artista, à sua paixão
Bem-vindo a quem não mudará jamais
A um ano de nós

A essa lua que os sonhos tornarão realidade
Ou os esconde em oportunidades
A quem escorrega
A quem se disfarça no carro
E bem-vindo seja esse longo inverno
Se nos ajuda a crescer
A quem tem coragem
E a quem ainda não a tem

Bem-vindo a um choro que comove
A um céu que promete neve
Bem-vindo a quem se despe, por profissão ou vontade
E às estrelas pedem ajuda ou piedade
Bem-vindo às dúvidas das noivas
A um minuto cheio de surpresas
Bem-vindo a um músico, à suas canções
E aos acordes que tornarão os meus
A um ano de nós

Ao resto que virá (pare, pare, pare) todo o resto
A tudo isso que virá (pare, pare, pare) tudo isso
A todo o resto quem sabe (pare, pare, pare) todo o resto
Depois...

A um ano de nós

Bem-vindo a um choro que comove
A um céu que promete neve
Bem-vindo a quem sorri, a quem lança desafios
A quem troca os seus conselhos com os teus
Bem-vindo a um trem perto do mar
Faísca e chega a tempo para o Natal
Bem-vindo a um artista, à sua intuição
Bem-vindo a um novo ano para nós
A um ano de nós
Um ano para nós
Para todos e para nós
Um ano de nós

Composição: Laura Pausini / Niccolò Agliardi / Paolo Carta · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Elizeu, Traduzida por Eric, Legendado por Eric e Noêmia
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.