Las Cosas Que No Me Espero

Laura Pausini

exibições 8.952

Las Cosas Que No Me Espero

Sorprendida en el centro de una tormenta
Y el volumen abierto en mi cabeza
Mis ideas son humo,
Fuego de un incendio sólo mío.
Y si acaso te encuentro por esos mares
Navegando en tu sueño hasta alcanzarle
Sin que tú digas nada
Me quedo a hacerte compañía.

Yo solo puedo mirar al mismo punto
Donde miras tú.
Y así comienzo a pensar
Que ya he vencido
Convenciéndote de que eres grande.

Como las cosas que no me espero,
Como ese "gracias" tan verdadero
Como el sincero abrazo que me das
Sin nada a cambio.
Como el perfume de una sorpresa
O la esperanza que se aferra
Yo en cada sitio junto a ti
Estoy en casa.

Como el sol de Septiembre
Quemando Roma
La estación de las nieves
Cuando se asoma
O quienes gritan y aplauden
Que en un concierto son lo mejor.

Yo solo puedo volver al mismo punto
Donde quieres tú.
Lo mío es tuyo, te lo aseguro,
Todo te lo dí
Porque eres grande.

Como las cosas que no me espero
Como ese "gracias" tan verdadero
Como el sincero abrazo que me das
Sin nada a cambio.
Como el perfume de una sorpresa
O la esperanza que se aferra
Voy venciéndote, convenciéndote
De que eres grande.

De que eres grande.

Como las cosas que no espero
Como ese "gracias" tan verdadero
Como el sincero abrazo que me das
Sin nada a cambio.
Como el perfume de una sorpresa
O la esperanza que se aferra
Por eso en todas partes junto a ti
Me siento en casa.

As Coisas Que Não Espero

Surpreendida no meio de uma tempestade
O volume aberto em minha cabeça
Minhas ideias são fumaça,
Fogo de um incêndio só meu.
E se acaso te encontro por esses mares
Navegando em teu sonho até o alcançar.
Sem que você diga nada
Eu te faço companhia.

Eu só posso olhar ao mesmo ponto
Aonde você olha.
E assim começo a pensar
Que já te venci
Te convencendo que você é grande.

Como as coisas que não espero,
Como esse "obrigado" tão verdadeiro
Como o abraço sincero que você me dá
Sem nada em troca.
Como o perfume de uma surpresa
Pela esperança que se compreende
Eu em cada lugar junto a você
Estou em casa.

Como o sol de setembro
Queimando Roma
Estação das neves
Quando se junta
Ou quem grita e aplaude
Quem em um concerto é o melhor.

Eu só posso voltar ao mesmo ponto
Aonde você quer.
O meu é teu, te asseguro
Tudo eu te dei
Porque você é grande.

Como as coisas que não espero
Como esse "obrigado" tão verdadeiro
Como o abraço sincero que você me dá
Sem nada em troca.
Como o perfume de uma surpresa
Pela esperança que se compreende
Vou te vencendo, te convencendo
Que você é grande.

Que você é grande.

Como as coisas que não espero
Como esse "obrigado" tão verdadeiro
Como o abraço sincero que você me dá
Sem nada em troca.
Como o perfume de uma surpresa
Pela esperança que se compreende
Por isso em todos os lugares com você
Me sinto em casa.

Composição: Luca Chiaravalli / Niccolò Agliardi · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Paulo, Traduzida por Paulo
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.