Dos Histórias Iguales

Laura Pausini

exibições 9.534

Dos Histórias Iguales

Ella quien es, qué te dará,
En qué es mejor que yo,
Estoy buscando las razones,
Aunque algunas veces no hay razón.
Yo por ti, tu por mi,
Las cosas no nos fueron bien aun siendo asi.

Y una vida entera a mi no me vale,
Porque no se viven dos historias iguales,
Con los ojos me lo dices, no hables,
No vas a olvidarme.

Es difícil para mi intentar vivir y sonreír,
Sin abandonarme a la añoranza,
Sin saber a donde voy sin ti.
Yo por ti, tu por mi,
Ya no es la hora de hablarlo ahora o tal vez si.

Porque una vida entera a mi no me vale,
Porque no se viven dos amores iguales,
Recordar tu voz, pensar en tu nombre,
Sin desmoronarme.
Y una vida entera a mi no me vale,
Porque no se viven dos historias iguales,
Cada dia, cada vez, cada instante,
No vas a olvidarme, no voy a olvidarte.

Eh,eh,eh....

Ella quien es, que te dará
Yo por ti
En que es mejor que yo
Tu por mi
Estoy buscando las razones
Ya no es la hora de hablarlo ahora, o tal vez si.

Porque una vida entera a mi no me vale,
Porque no se viven dos historias iguales,
Cuanto sol te puede dar sin quemarte,
Sin atravesarte.
Yo una vida entera a mi no me vale,
No sabré olvidarme del mas simple detalle,
De tus ojos que me dicen, ya sabes, que jamás se viven
dos Historias iguales.

Eh,eh,eh....

Duas Histórias Iguais

Ela, quem é? O que vai te dar?
Em que é melhor que eu?
Estou procurando as razões
Mesmo que algumas vezes não há razão
Eu por você, você por mim
As coisas não nos foram bem, ainda sendo assim

E uma vida inteira, a mim não me vale
Porque não se vivem duas histórias iguais
Com os olhos eu te disse "não fale"
Você não vai me esquecer

É difícil para mim tentar viver e sorrir
Sem me abandonar a nostalgia
Sem saber onde vou sem você
Eu por você, você por mim
Já não a hora de falar agora, ou talvez sim

Porque uma vida inteira a mim não me vale
Porque não se vivem dois amores iguais
Recordar sua voz, pensar no seu nome
Sem desmoronar
E uma vida inteira a mim não me vale
Porque não se vivem duas histórias iguais
Cada dia, cada vez, cada instante
Não vai me esquecer, não vou te esquecer

Eh,eh,eh...

Ela quem é? O que vai te dar?
(eu por você)
No que é melhor que eu
(você por mim)
Estou buscando as razões
Já não é a hora de falar agora, ou talvez sim.

Porque uma vida inteira a mim não me vale
Porque não se vivem duas histórias iguais
Quanto o sol te pode queimar
Sem te atravessar
E uma vida inteira a mim não me vale
Não vou saber esquecer o mais simples detalhe
De seus olhos que me dizem, você já sabe, que jamais se vivem
Duas histórias iguais

Eh,eh,eh....