La Voce

Laura Pausini

exibições 39.499

La Voce

C'è una voce che
È dentro te
E si libera
Più forte se
Gridi il tuo bisogno d'amore,
Con tutta la voce che c'è

La senti per le strade
E sopra i marciapiedi,
Negli occhi di chi ha fame,
Di chi non sta più in piedi
E non ti racconta favole
Ma solo desideri
E dice quello che porti dentro te.

Dalle finestre aperte
Si butta nei cortili,
Accende il buio nella notte
Correndo sopra i treni,
Vola libera sugli alberi
Come un aquilone,
Nella gioia e nelle lacrime
Che vedi intorno a te.

Rit.: È la voce che
Sarà con te
Ogni volta che
La vita c'è
E non ti abbandona perché
È la voce più vera che c'è
Vivrà con te
Con la forza che
Ha dentro se
E non e mai sola perchè
Mai sola finché
È la stessa voce che nel mondo c'è

E parla della gente
Piegata sotto il sole
Dentro i campi di cotone
È nera di sudore
E quando arriva fino all'anima
Diventa una canzone
Un coro grande e interminabile
Che grida in libertà.

Ri.: È la voce che
Sarà con te
Ogni volta che
La vita c'è
E non ti abbandona perché
È la voce più vera che c'è
Vivrà con te.

Prigioniera
Non e mai
Cresce libera fuori e dentro di noi,
È più vera ... voce nera
Ogni volta che gridi
Con tutta la voce che hai

Rit.: È la voce che
Sarà con te
Ogni volta che
La vita c'è
Grida forte dentro di me
La voce piu vera che c'è
Vivrà con te.
Con la forza che ha dentro se
E non e mai sola perché
Mai sola finché
E la stessa voce
Che nel mondo c'è

A Voz

Há uma voz que
Está dentro de você
E se liberta
Mais forte se
Você gritar seu desejo de amor
Com toda a voz que existe

A sente pela rua
E sobre as calçadas
Nos olhos de quem tem fome
de quem não está mais de pé
e não lhe conta fábulas
mas somente desejos
e diz aquelo que você leva dentro de você

Das janelas abertas
se coloca nas cortinas
acende o escuro da noite
correndo sobre os trens
voa livre sobre as árvores
como uma águia
na alegria e nas lágrimas
que você vê ao seu redor

É a voz que
estará com você
cada vez que
a vida existir
e não te abandona porque
é a voz mais verdadeira que há
Viverá com você
com a força que
há dentro de você
e não é nunca solitária porque
nunca solitária até que
é a mesma voz que no mundo há

E fala das pessoas
inclinadas sob o sol
dentro dos campos de algodão
é negra pelo trabalho duro
e quando chega até a alma
se torna uma canção
um coro grande e interminável
que grita em liberdade

É a voz que
Estará com você
Cada vez que
A vida existir
E não o abandona porque
É a voz mais verdadeira que há
Viverá com você

Prisioneira
nunca é
cresce livre fora e dentro de nós
é mais verdadeira ... voz negra
cada vez que grita
com toda a voz que você tem

É a voz que
Estará com você
Cada vez que
A vida existir
Grita forte dentro de mim
A voz mais verdadeira que há
viverá com você
Com a força que há dentro de você
E nunca é solitária porque
Nunca solitária até que
É a mesma voz
Que há no mundo