Baci Che Si Rubano

Laura Pausini

exibições 9.204

Baci Che Si Rubano

Partire quando dorme ancora la città
Nell'aria fresca con la macchina che va
Chissà se ci sarà quest'anno
Quel ragazzo in discoteca al molo

Come pirati che si appostano nei bar
Ragazzi mettono il tuo cuore in trappola
C'è musica che va nel buio
Chiudi gli occhi e cadi dentro a un guaio

Baci che si rubano
E la pioggia su di noi
In questo mare dire
Amore è una bugia
Che vola via innocente

Voci che si giurano
Di non lasciarsi mai
Su quelle spiagge
Giorno e notte più affolate che in città

Il sole con gli occhiali scuri se ne andrà
È il gioco antico degli sguardi inizierà
Le compagnie che fanno tardi
La mattina in spiaggia siamo zombi

Quanti tramonti che non scorderemo mai
Quanti maglioni messi sulle spalle e poi
Quelle carezze sulla sabbia
Sono un faro accesso nella nebbia

Baci che si rubano
E la pioggia su di noi
In questo mare amaro
Amore di un addio
Che fugge via per sempre

Voci che si giurano
Di non lasciarsi mai
Ma già le spiagge sono vuote
E questa estate se ne va

Ora che la vita è stretta
Da questa realtà
Per tutto un anno il cuore aspetta solo
Quella libertà

Baci che si rubano
E la pioggia su di noi
In questo mare dire
Amore è una bugia
Che vola via innocente

Voci che si giurano
Di non lasciarsi mai
Ma già le spiagge sono vuote
E questa estate se ne va

Baci che si rubano
E la pioggia su di noi
In questo mare amaro
Amore di un addio
Che fugge via per sempre

Voci che si giurano
Di non lasciarsi mai
Ma già le spiagge sono vuote
E questa estate se ne va

Beijos Que Se Roubam

Partir quando dorme ainda a cidade
No ar fresco com o carro que vai
Quem sabe se estará este ano
Aquele rapaz na discoteca ao quebra-mar

Como piratas que se apostam nos bares
Rapazes colocam o seu coração em armadilha
Há música que toca na escuridão
Fecha os olhos e você cai dentro de um problema

Beijos que se roubam
e a chuva sobre nós
Neste mar dizer
amor é uma mentira
Que voa inocente

Vozes que juram
não se deixar nunca
Sobre aquelas praias
Dia e noite mais aglomerados que na cidade

O sol com os óculos escuros vai se pôr
É o jogo antigo dos olhares começará
As companhias que viram a noite
De manhã na praia somos zumbis

Quantos poentes que não esqueceremos nunca
Quantos casacos colocados sobre os ombros e então
Aqueles carinhos na areia
São um farol aceso no nevoeiro

Beijos que se roubam
E a chuva sobre nós
neste mar amargo
Amor de um adeus
que foge para sempre

Vozes que juram
não se deixar nunca
Mas as praias já estão vazias
E este verão se vai

Agora que a vida é curta
desta realidade
Por todo um ano o coração espera apenas
Aquela liberdade

Beijos que se roubam
e a chuva sobre nós
Neste mar dizer
amor é uma mentira
Que voa inocente

Vozes que juram
não se deixar nunca
Mas as praias já estão vazias
E este verão se vai

Beijos que se roubam
E a chuva sobre nós
neste mar amargo
Amor de um adeus
que foge para sempre

Vozes que juram
não se deixar nunca
Mas as praias já são vazias
E este verão se vai

Composição: Angelo Valsiglio / Freddy Cavalli · Esse não é o compositor? Nos avise.
Legendado por Gabriel
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.