Cuando Se Ama

exibições 44.939

Cuando Se Ama

No digas no
Que te conozco y sé como piensas
No digas no
Porque ya no
Desde hace tiempo de amor no me hablas
Usando el tiempo futuro, ya no
Ya no sirve decirnos de nuevo
Te quiero amor
Por qué tu sonreír
Cada mañana ya no es para mi
Por que, no tengo ya nada de ti

Cuando se ama el final se presiente
Se nota un frío, un vacío tan triste
Como en un film se adivina la escena
Cuando se va
Se sabe cuando la historia concluye
Si con excusas mis ojos rehuyes
Por eso dime que me amas
Y ya desde mañana
Nunca más, oh, nunca más

No puede ser
Disimular y negar la evidencia
Como haces tú cuando intentas fingir
Sin tener el valor de decirme qué
Pasa aquí
Será, dentro de mí
Como una noche de invierno porque
Quizá ya desde hoy no te veré

Cuando se ama el final se presiente
Se nota un frío, un vacío tan triste
Como en un film se adivina la escena
Cuando se va, oh no
Se sabe cuando el dolor te atenaza
Cuando la historia de amor ya se acaba
Por eso dime que me amas
Y ya desde mañana
Nunca más, nunca más, nunca más

Quando Se Ama

não diga não
pois te conheço e sei como pensas
não diga não
porque já não
desde algum tempo de amor nao me falas
Usando o tempo futuro, já não.
já não serve dizermos de novo
?te quero amor?
porque o teu sorrir
cada manhã já não é para mim,
Porque, desde hoje no te terei

quando se ama o final se pressente.
se nota um frio, um vazio tão triste
como num filme, se adivinha a cena
Quando se vai
se sabe quando a história termina
se com desculpas meus olhos se afastam
por isso dizes que me ama
e já desde manhã
nunca mais, nunca mais

não pode ser
dissimular e negar a evidência
como você faz quando tenta fingir
sem ter o valor de me dizer o que
se passa aqui
será, dentro de mim
como uma noite de inverno porque
quem sabe desde de hoje não te verei

quando se ama o final se pressente.
se nota um frio, um vazio tão triste
como num filme, se adivinha a cena
Quando se vai
se sabe quando a dor te perseque
quando a história de amor já se acaba
por isso você diz que me ama
e já desde de amanhã
nunca mais, nunca mais, nunca mais

Composição: Dave Carella / Gilberto Gil · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por Let
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.