Io Canto

Laura Pausini

exibições 36.989

Io Canto

La nebbia che si posa la mattina
Le pietre di un sentiero di collina
Il falco che s'innalzerà
Il primo raggio che verrà
La neve che si scioglierà correndo al mare

L'impronta di una testa sul cuscino
I passi lenti e incerti di un bambino
Lo sguardo di serenità
La mano che si tenderà
La gioia di chi aspetterà
Per questo e quello che verrà...

...io canto
Le mani in tasca canto
La voce in festa canto
La banda in testa canto
Corro nel vento e canto
La vita intera canto
La primavera canto
La mia preghiera canto
Per chi mi ascolterà
Voglio cantare
sempre cantare

L'odore del caffè nella cucina
La casa tutta piena di mattina
E l'ascensore che non va
L'amore per la mia città
La gente che sorriderà lungo la strada

I rami che si intrecciano nel cielo
Un vecchio che cammina tutto solo
L'estate che poi passerà
Il grano che maturerà
La mano che lo coglierà
Per questo e quello che verrà...

...io canto
Le mani in tasca canto
La voce in festa canto
La banda in testa canto
Corro nel vento e canto
La vita intera canto
La primavera canto
L´ultima sera canto
Per chi mi ascolterà
Voglio cantare
sempre cantare
cantare

(canto)
Le mani in tasca
(canto)
La voce in festa canto
(canto)
La vita intera canto
Corro nel vento e canto
Io canto
La vita intera canto

Io canto... per chi mi ascolterà

(per chi mi ascolterà)

Per chi mi ascolterà

Eu Canto

A neblina que cai de manhã,
As pedras no caminho,
O falcão que voará,
O primeiro trovão que virá,
A neve que desmanchará, correndo em direção ao mar.

A marca de uma cabeça no travesseiro,
Os passos lentos e incertos de um menino,
O olhar de serenidade,
A mão que se estenderá,
A alegria de quem esperará,
Por tudo isso e o que virá...

... eu canto...
As mãos no bolso, canto.
A voz em festa, canto.
A música na cabeça, canto.
Corro no vento e canto.
A vida inteira, canto.
A primavera, canto.
A minha prece, canto.
Pra quem me escutar...
Quero cantar,
Sempre cantar...

O cheiro do café na cozinha,
A casa cheia de manhã,
E o elevador que não vai...
O amor pela minha cidade,
As pessoas que sorriem pela estrada.

Os ramos que se entrelaçam no céu,
Um velho que caminha totalmente sozinho,
O verão que depois passará,
O grão que amadurecerá,
A mão que o colherá,
Por tudo isso e o que virá...

... eu canto...
As mãos no bolso, canto.
A voz em festa, canto.
A música na cabeça, canto.
Corro no vento e canto.
A vida inteira, canto.
A primavera, canto.
O último anoitecer, canto.
Pra quem me escutar...
Quero cantar,
Sempre cantar...
Cantar...

(canto)
As mãos no bolso...
(canto)
A voz em festa, canto...
(canto)
A vida inteira, canto...
Corro no vento e canto.
Eu canto
A vida inteira, canto.

Eu canto... pra quem me escutar...

(pra que me escutar)

Pra quem me escutar...

Composição: Marco Luberti / Riccardo Cocciante · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Ana, Traduzida por CLEBER, Legendado por Rafael
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.