Cuando

Laura Pausini

exibições 6.835

Cuando

tu dime cuando cuando
donde estan tus ojos donde esta tu boca
quizas en africa no importa
tu dime cuando cuando
donde estan tus manos donde tu nariz
hacia un dia desesperado
estoy sedienta
tengo sed de ti
tu dime cuando cuando
no me mires ahora amor que
estoy cansada
porque pienso al futuro
tu dime cuando cuando
somos angeles
que buscan las sonrisas
no te vayas tan deprisa
que yo tengo sed
tengo sed de ti
vivire si vivire
todo el dia para verte marchar
entre recuerdos y esta extraña locura
y el paraiso que no existe
quien quiere un hijo no insiste
tu dime cuando cuando
por favor quedate tu otra hora
y te dire que te odio ahora
tu dime cuando cuando
lo se no seras mio y en tu cara
una sonrisa en tu mirada
estoy sedienta
tengo sed de ti
vivire si vivire
todo el dia para verte marchar
entre recuerdos y esta extraña locura
y el paraiso quizas existe
quien quiere un hijo no insiste
estoy sedienta
tengo sed de ti
tu dime cuando cuando

Quando

Me diga quando, quando
Onde estão seus olhos, onde esta sua boca?
Talvez a áfrica, não importa
Me diga quando,quando
Onde estão suas mãos,onde está seu nariz
Para um dia desesperado
Estou sedenta
Tenho sede de você
Me diga quando, quando
Não me olhe agora, amor, que
Estou cansada
Porque penso no futuro
Me diga quando, quando
Somos anjos
Que procuram os sorrisos
Não vá tão depressa
Que eu tenho sede
Tenho sede de você
Viverei, sim, viverei
Todo os dias para te ver andar
Entre lembranças e esta estranha loucura
E o paraíso que não existe
Quem quer um filho não insiste
Me diga quando, quando
Por favor fique mais um pouco
E te direi que te odeio agora
Me diga quando, quando
Eu sei que não será meu e em seu rosto
Um sorriso em seu olhar
Estou sedenta
Tenho sede de você
Viverei,sim, viverei
Todos os dias para te ver andar
Entre lembranças e esta estranha loucura
E o paraíso talvez exista
Quem quer um filho não insiste
Estou sedenta
Tenho sede de você
Me diga quando, quando