Culpable

Laura Pausini

exibições 775
tradução automatica via Revisar tradução

Culpable

Dime qué quieres tú de mí
Dime y de nuevo sé que mentirás
Buscas tan sólo tu interés
Mientes y no te arrepientes

Culpable de tu inmoralidad
Nunca tendrás lo que ahora cuenta más
¿Qué haces aquí? ¿qué te retiene aquí?
Todos te han desenmascarado ya

Con las arrugas del dolor ajeno
Tu compasión no encontrará consuelo
Diviértete, donde yo no esté
Ahora esfúmate

Daños causaste ¡cómo no!
Daños que pagarás sin lazos hoy
Pierde tu falsa dignidad
Llora si te arrepientes

Culpable de lo que eres ya
Obra maestra de vulgaridad
Divinidad de plástico
Eres el polvo de la falsedad
Y con tu arte de palabrería
Nunca tendrás lo que tú más querías
Diviértete, donde yo no esté
Ahora esfúmate

Con el viento, cambia el tiempo
Te habría perdonado
Entre tanto, en tu instinto
Más de has traicionado

Perdónate, sólo puedes tú
Que ni siquiera el amor te querrá
¿Qué haces aquí? ¿por qué no te vas?
Todos te han desenmascarado ya

Con las arrugas del dolor ajeno
Tu compasión no encontrará consuelo
Diviértete, pero eclípsate
Y esfúmate

Vete y no regreses más

Culpado

Diga-me o que você me quer
Diga-me novamente e eu sei o que está
Analisando apenas o seu interesse
Mentir e não se arrepender

Culpado de sua imoralidade
Você nunca recebe o que tem agora mais
O que faz aqui? O que está mantendo você aqui?
Tudo que você tem desmascarado

Com enrugamento da dor dos outros
Sua compaixão não vai encontrar consolo
Divirta-se, onde eu não sou
Agora esfúmate

Como não causou dano que você!
Danos não pagarão laços hoje
Perca sua dignidade false
Chore se você se arrepender

Culpado do que você está agora
Obra-prima da vulgaridade
Divindade plástico
Você é a poeira de falsidade
E conversar com sua arte
Você nunca recebe o que você mais queria
Divirta-se, onde eu não sou
Agora esfúmate

Com o vento, o tempo muda
Eu teria perdoado
Enquanto isso, seus instintos
Over've traído

Perdoe a si mesmo, você só pode você
Você não precisa nem quero te amar
O que faz aqui? Por que você não ir?
Tudo que você tem desmascarado

Com enrugamento da dor dos outros
Sua compaixão não vai encontrar consolo
Divirta-se, mas eclípsate
E esfúmate

Vá e não voltar mais

Original Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Enviar