Ana

The place changes and goes. Like a wind, like clouds.
Like the traces of the heart, no halt at the places.

The place is so far away. be far apart.
People's hand does not reach, so merely has (the) worship.

The place is a lofty lord, can't meet nobody put on.
We will lose the place so lofty which changes.

Not all were desired. However, we're never sad.
Still, there is still the place. Far away, far away.

(The wind) blows through the place. an endless, with all.
Like the ripple float on the water, It blows as it goes.

The place is No make at all. Nothing is shown.
Like the sand clasped by hand, It falls vainly.

The place is (a) profound lord, and wear the vain faint light.
But we will find it in the place the hut at which it stands still.

If not concerned with all, it will maintain that No dye.
Therefore there is still the hut. It's lonely, solitary.

No halt at the wind. It soars to the sky.
Like the verdure (which) meets with sunrise, It grows up as reborn.

The hut has held new one. That's different from all.
Like the sand castle of the children, but realized with the mind.

The person is a vain statue. wear taciturnity calm.
Still, we will know a huge flow. It is stopped by nobody.

Soon the wind wears the snow cloud. will be dyed to snow-white.
Summer grass will incline. No sunlight, feebly shade.

The place buried in deep snow. Like the collapsing castle.
Like the head of the shade, figure will be thrown away

The hut buried in deep snow. It sinks in to the flood.
and The "not dyeing" is dyed out, and waits for a oppose one.

Even if all are healed, be gonna no return.
There is still the place. Far away, far away.

The place changes and goes. Like a wind, like clouds.
Like the traces of the heart, no halt at the places.

The place is a lofty lord, can't meet nobody put on.
Still, there is still the place. Far away, far away.

Ana

As mudanças de lugar e vai. Como um vento, como as nuvens.
Como os traços do coração, não parar nos locais.

O lugar é tão longe. estar distantes um do outro.
Mão das pessoas não chega, por isso só tem (a) adoração.

O lugar é um senhor nobre, não pode satisfazer ninguém colocar.
Vamos perder o lugar tão sublime que muda.

Nem todos foram desejada. No entanto, nunca está triste.
Ainda assim, há ainda o lugar. Longe, muito longe.

(O vento) sopra o lugar. um sem fim, com todos.
Como o flutuador ondulação na água, Ele sopra onde vai.

O lugar não é fazer nada. Nada é mostrado.
Como a areia segurou pela mão, Ele cai em vão.

O lugar é (a) senhor profunda, e usar a luz vão desmaiar.
Mas vamos encontrá-lo no lugar da cabana em que ele fica parado.

Se não se preocupa com tudo, que vai manter no corante.
Portanto ainda há a cabana. É solitário, solitário.

Não parar no vento. Ele sobe para o céu.
Como a verdura (que) se reúne com amanhecer, cresce como renascer.

A cabana foi realizada uma nova. Isso é diferente de todos.
Como o castelo de areia das crianças, mas percebeu com a mente.

A pessoa é uma estátua vão. desgaste calma taciturnidade.
Ainda assim, saberemos um fluxo enorme. Ele é interrompido por ninguém.

Logo o vento usa a nuvem de neve. será tingido de branco-neve.
Grama de verão irá inclinação. Sem luz solar, debilmente sombra.

O lugar enterrado na neve profunda. Como o castelo desmoronar.
Como a cabeça da sombra, a figura vai ser jogado fora

A cabana enterrada na neve profunda. Ele afunda para o dilúvio.
E A "não tingimento" é tingido para fora, e espera por uma opor uma.

Mesmo se tudo está curado, vai ser sem retorno.
Há ainda o lugar. Longe, muito longe.

As mudanças de lugar e vai. Como um vento, como as nuvens.
Como os traços do coração, não parar nos locais.

O lugar é um senhor nobre, não pode satisfazer ninguém colocar.
Ainda assim, há ainda o lugar. Longe, muito longe.

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Dicionário de pronúncia


Posts relacionados

Ver mais posts