Sexo

El mejor gancho comercial
Apela a tu liberalidad
Toca tu instinto animal
Rozando la brutalidad

Te lo encuentras en la pared
En el anuncio de un licor
Pegado en un mostrador
Gritandote a todo color

Sexo compro
Sexo vendo
Sexo arriendo
Sexo ofrezco

Ya no hay de que enrojecer
Es cotidiano ya lo ves
Ahora la virginidad
Es una cosa medieval

Es tu carnet de madurez
Tu pasaporte a la adultez
Ella no es una mujer para amar
Sino un enemigo al cual doblegar

Las rotativas de imprenta
Ya estan empezando a editar mas mujeres desnudas
Y tu tienes una cara de cliente facil
Tu compras por una promesa de sexo
Abres la boca y te meten el dedo
Y les sigues el juego
Y les das tu dinero
Y te sientes muy hombre
Y me rio en tu cara de tu estupidez

El mejor gancho comercial
Apela a tu imbecilidad
Te trata como un animal
Poniendo en claro tu brutalidad
Es un trofeo la ilusion
Que quiebras en la situacion
Me estas dando la ocasion
De gritarte con razon

Gamulan que se duerme se lo lleva la corriente
Tangente de 45
Gamulan que se duerme se lo lleva la corriente
Tangente de 45

Sexo

Na melhor sequência de comerciais
Apela contra sua liberalidade
Incita seu instinto animal
Quase chegando a brutalidade

Te pressiono na parede
No anuncio de um licor
Colado em um outdoor
Gritando com toda força

Sexo, compro
Sexo, vendo
Sexo, alugo
Sexo, ofereço

Já não precisa se envergonhar
É cotidiano, sempre o vê
Atualmente virgindade
É uma coisa medieval

É tua licença de maduridade
Teu passaporte à fase adulta
Ela não é uma mulher para amar
Mas um inimigo para enganar

As editoras de imprensa
Já começaram a editar mais mulheres nuas
E você tem cara de cliente fácil
Você compra por uma promessa de sexo
Abre a boca e te enfiam o dedo
E continua a rotina
E você dá seu dinheiro
Te sentes mais homem
E eu rio na sua cara de sua estupidez

Na melhor sequência de comerciais
Apelam a sua imbecilidade
Te tratam como um animal
Deixando claro sua brutalidade
É um troféu à ilusão
Que se quebra nessa situação
E me está dando a oportunidade
De gritar com razão

Gamulán que cochila é levado pela corrente
Tangente de 45
Gamulán que cochila é levado pela corrente
Tangente de 45

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir