Cântico de Ana (Samuel 1:2)

Lydia Moisés

exibições 24.865

O meu coração se alegra no Senhor
O meu poder se exalta no Senhor
Abro um sorriso sobre meus inimigos
Pois me alegro na sua salvação
Não há Santo como o Senhor, porque não há outro além de Ti
Rocha não há, não há alguma como o Senhor o nosso Deus
Como o nosso Deus
Não falem palavras de orgulho
Nem digam coisas más e arrogantes
Porque o Senhor é Deus sábio
E pesa todos os feitos na balança
O arco dos fortes foi quebrado
Mas os fracos foram fortalecidos
Os fartos se venderam pelo pão para por na mesa
Os famintos não sofrem mais a fome
Até a estéril teve sete filhos

O Eterno é que tira a vida e a dá
Faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela
O Eterno empobrece e enriquece
Abaixa mas também eleva
Levanta o pobre do pó e deixa a lixeira
Eleva o necessitado para fazer assentar entre os príncipes
E os fazer herdar o trono de glória
Porque do Eterno são os alicerces da Terra
E sobre eles assentou o mundo
Os pés dos seus Santos guardará,
Porém os ímpios ficaram mudos nas trevas,
Porque o homem não prevalecerá pela força!
Os que se opõem ao Senhor serão quebrantados
E com voz de trovão Ele os julgará

O Senhor dará força e exaltará ao seu Rei
toda honra e poder ao seu ungido (2x)
Yeshua Hamashia
Ungido de Deus

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir