Coincidir

Hay historias de amor que nunca terminan
Que se esconden tras la vuelta de tu esquina
Que bailan sobre un solo pie
Que reman con un remo, que beben sin sed
Hay espacio, hay dolor, hay deseo
Corazones en el aire llenos de agujeros

Hay besos compartidos, robados elegidos
Mil señales de humo entre amantes perdidos
Amores de un rato, sin tiempo ni trato
Leyes de gravedad sin caída, cicatrices sin heridas
Despedidas bienvenidas
Que suelen caminar por la misma avenida

Hay tanto a elegir
Y tú y yo aquel día coincidir
Coincidir
Coincidir (ey)

Era tu historia
Se cruzó con la mía
Tanta gente, tanta gente ahí fuera
Y coincidir aquel día

Era tu historia
Se cruzó con la mía
Tanta gente, tanta gente ahí fuera
Y coincidir aquel día

Coincidir

Hay historias al borde del precipicio
Que se buscan en los baúles de un principio
Hay noches sin sofocos
Lágrimas sin princesas ni espejos rotos
Hay revoluciones entre corazones
Partidas de dos lábios sin peones

Sudores, tentaciones
Citas sin flores llenas de pasiones
Sobre parques congelados de mirones entre neones
Amores platónicos conformes
Camas sin treguas, sin confecciones
Soldados del amor sin fusiles
Que apuntan a dianas de corazones sensibles

Tanto a elegir
Y tú y yo aquel día coincidir
Coincidir
Coincidir (hey)

Era tu historia
Se cruzó con la mía
Tanta gente, tanta gente ahí fuera
Y coincidir aquel día

Era tu historia
Se cruzó con la mía
Tanta gente, tanta gente ahí fuera
Y coincidir aquel día

Hay historias de amantes en las trincheras
Que luchan en la batalla diaria
De esta ciencia incierta
Buscando algún hueco
De algún corazón abierto
Buscando amor

Hey, óyeme
Tan solo tú y yo
Tan solo tú y yo, eh
Y coincidir, oye

Hey, óyeme
Tan solo tú y yo
Tan solo tú y yo, eh
Y coincidir, oye

Coincidir
Coincidir

coincidir

Há histórias de amor que nunca terminam
Que eles se escondem atrás das costas de seu canto
Dança em um pé
Remar com um remo, beber sem sede

Não há espaço, nenhuma dor, nenhum desejo
Corações no buraco cheio de ar
beijos Não são compartilhados, roubados eleito
sinais de fumaça mil entre perdidos amantes

Amores de um tempo, sem tempo ou tratamento
Leis da gravidade sem cair
ferida emitido sem cicatrizes
Bem-vindo a andar, muitas vezes na mesma rua
Há muito por onde escolher
E você e eu que jogo dia, luta, jogo

Foi a sua história
Ele foi cruzado com o meu
Tantas pessoas, tantas pessoas lá fora
E esse jogo match dia, jogo

Há histórias sobre a borda do precipício
Procurada nos troncos, um princípio
Há noites sem afrontamentos
Lágrimas ou princesas ou espelhos quebrados
Existem revoluções entre corações
Games dois lábios sem peões

Suam tentações Fitas flowerless
Cheio de paixões em parques congelados
De espectadores de neons
conformidade amor platônico
Camas sem tréguas, sem roupa
Amor soldados sem armas
Destinado a alvos corações sensíveis

ambos escolha
E você e eu que jogo dia
coincidir
coincidir

Foi a sua história
Ele foi cruzado com o meu
Tantas pessoas tão muitas pessoas lá fora
E combinar esse dia há histórias de amantes
Nas trincheiras
Lutando a batalha diária
Neste ciência incerta

Buscando uma lacuna
Alguns coração aberto
Olhando para o amor

Hey escute-me
Só você e eu
Só você e eu
Hoje eeee ee e combinar jogo jogo

tradução automática via Revisar tradução
Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Enviar
Composição: Dani Macaco. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Camila. Revisões por 6 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog