Motorcycle Emptiness

Culture sucks down words
Itemise loathing and feed yourself smiles
Organise your safe tribal war
Hurt maim kill and enslave the ghetto

Each day living out a lie
Life sold cheaply forever, ever, ever

Under neon loneliness motorcycle emptiness
Under neon loneliness motorcycle emptiness

Life lies a slow suicide
Orthodox dreams and symbolic myths
From feudal serf to spender
This wonderful world of purchase power

Just like lungs sucking on air
Survival's natural as sorrow, sorrow, sorrow

Under neon loneliness motorcycle emptiness
Under neon loneliness motorcycle emptiness

All we want from you are the kicks you've given us
All we want from you are the kicks you've given us
All we want from you are the kicks you've given us
All we want from you are the kicks you've given us

Under neon loneliness motorcycle emptiness
Under neon loneliness motorcycle emptiness

Drive away and it's the same
Everywhere death row, everyone's a victim
Your joys are counterfeit
This happiness corrupt political shit

Living life like a comatose
Ego loaded and swallow, swallow, swallow

Under neon loneliness motorcycle emptiness
Under neon loneliness motorcycle emptiness
Under neon loneliness motorcycle emptiness
Under neon loneliness everlasting nothingness

Vazio da Motocicleta

Cultura engole as palavras
Enumera repugnância e se alimenta de sorrisos
Organiza sua guerra tribal segura
Machuca, mutila, mata e escraviza o gueto

Cada dia vivendo uma mentira
Vida vendida barata para sempre, sempre, sempre

Sob a solidão do neon, o vazio da motocicleta
Sob a solidão do neon, o vazio da motocicleta

A vida encontra-se em um lento suicídio
Sonhos ortodoxos e mitos simbólicos
De servo feudal a consumidor
Este maravilhoso mundo do poder de compra

Assim como os pulmões sugam o ar
A sobrevivência é tão natural quanto o sofrimento, sofrimento, sofrimento

Sob a solidão do neon, o vazio da motocicleta
Sob a solidão do neon, o vazio da motocicleta

Tudo o que queremos de você são os pontapés que nos deu
Tudo o que queremos de você são os pontapés que nos deu
Tudo o que queremos de você são os pontapés que nos deu
Tudo o que queremos de você são os pontapés que nos deu

Sob a solidão do neon, o vazio da motocicleta
Sob a solidão do neon, o vazio da motocicleta

Dirijo por ai e é sempre a mesma coisa
Em todo lugar corredores da morte, todo mundo é uma vítima
Suas alegrias são falsificadas
Esta merda de política da felicidade corrupta

Vivendo a vida como se estivesse em coma
Ego oprimido e engolido, engolido, engolido

Sob a solidão do neon, o vazio da motocicleta
Sob a solidão do neon, o vazio da motocicleta
Sob a solidão do neon, o vazio da motocicleta
Sob a solidão do neon, o eterno vazio

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir