Gods Of War

Father on bended knee
I ask thee
Raise thy hand
We the sons of odin
Await thy command
Born under the sign
Of the hammer we stand
And here we all may die
Our blood on the ground
The battle horns sound
Let thy valkyries fly

Down from the sky
Into the fight
Hearts full of rage
Full of thunder and glory
Swords in the wind
Crossing the sky
Lords of doom
Bring an end to their story

Today is the day
We die in the fight
None shall remain to pass one more night
Now Valhalla's calling us immortal
We are Gods of war
Immortal
We are Gods of war

Odin here the fallen wait
To join thee by thy side
Let valhalla's gates open wide

Born under the sign
Of the hammer they lived
And here they fought and died
Their blood on the ground
The battle horns sound
Let thy valkyries fly

Down from the sky
Into the fight
Hearts full of rage
Full of thunder and glory
Swords in the wind
Crossing the sky
Lords of doom
Bring an end to their story

Today is the day
We die in the fight
None shall remain
To pass one more night
Now Valhalla's calling us
Immortal
We are gods of war
Immortal
We are gods of war

Down from the sky
Into the fight
Hearts full of rage
Full of thunder and glory
Swords in the wind
Crossing the sky
Lords of doom
Bring an end to their story

Deuses Da Guerra

Pai, de joelhos dobrados
Eu lhe peço
Erga sua mão
Nós os filhos de Odin
Esperamos vosso comando
Nascidos sob o signo
Do martelo nós defendemos
E aqui todos nós podemos morrer
Nosso sangue no chão
As cornetas de batalha soam
Deixe suas valquírias voarem

Descendo do céu
Para a batalha
Corações cheios de fúria
Cheios de trovão e de glória
Espadas ao vento
Cruzando o céu
Senhores do destino
Tragam um fim à suas histórias

Hoje é o dia
Nós morreremos em luta
Ninguém sobrevivera Nem mais uma noite
Agora Valhala está nos chamando de Imortais
Nós som os deuses da guerra
Imortais
Nós somos deuses da guerra

Odin! Aqui os caídos vos esperam
Para que estejamos junto a ti e ao vosso lado
Deixe os portões de valhala abertos

Nascidos sob o signo
Do martelo eles viveram
E aqui eles lutaram e morreram
O sangue deles no chão
As cornetas de batalha soam
Deixe tuas valquírias voarem

Descendo do céu
Para a batalha
Corações cheios de fúria
Cheios de trovão e de glória
Espadas ao vento
Cruzando o céu
Senhores do destino
Tragam um fim à suas histórias

Hoje é o dia
Nós morreremos em luta
Ninguém sobrevivera
Nem mais uma noite
Agora Valhala está nos chamando de Imortais
Imortais!
Nós somos deuses da guerra
Imortais
Nós somos deuses da guerra

Descendo do céu
Para a batalha
Corações cheios de fúria
Cheios de trovão e de glória
Espadas ao vento
Cruzando o céu
Senhores do destino
Tragam um fim à suas histórias

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Joey DeMaio. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por João e traduzida por Jean. Revisões por 4 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia


Posts relacionados

Ver mais posts