Disse que diz
Parece Dona Candinha
Tu não cuida da tua vida e quer cuidar da minha
A minha funciona como uma trilha sonora
Eu não tenho tempo pra jogar conversa fora
Tu falou com Zé que o João contou
É tipo um Leão Lobo que não se profissionalizou

Não consegue ficar sem bater com a língua nos dentes
Não é dedo duro que vai quebrar a corrente
Eu vou te dando trégua só pra ver onde cê vai parar
Cê fecha a boca mas não para de falar
E fala pelos cotovelos, tá me deixando louco
Pra atrasar tem muitos, pra adiantar é que tem poucos
Mas aí!

Falador passa mal, rapaz
Falador passa mal
Falador passa mal, rapaz
Falador passa mal

Então para
Tu já falou demais, se liga
Quando tu fala tem gente que corre atrás
Tem gente que corre atrás e tá fazendo a festa
E tu? Tu tá com a faixa de X-9 na testa
Usa TV e o rádio pra falar dos outros
Paga de Zen, mas é um puta invejoso
E se pergunta: Aonde as pessoas boas estão?
Só seu mundinho que é bom, então

Quantos neguinhos me dão tapinhas nas costas
Quantos neguinhos enchem meu ouvido de bosta
Quantos neguinhos vem com o dedinho pedindo paz
Me dão um abraço pela frente e uma facada por trás
Mas aí!

Falador passa mal, rapaz
Falador passa mal
Falador passa mal, rapaz
Falador passa mal

Última chance
Tu queria ser do jeito que eu sou
Mas tu não aguenta carregar minha dor
Tu queria ir nos lugares que eu vou
Mas aonde eu ando não anda falador

As ruas tão de olho no que você faz
As ruas não dão ponto pra quem leva e traz
Falar de mim é fácil, difícil é ser eu
E eu tô saindo fora, vai cuidar do teu

Aí o que eu aprendi com você
Foi que a gente tem saber conviver com nossas diferenças
Eu sou diferente, parceiro
Quando o bicho pega, eu tô lá
Quando cê precisa de dinheiro eu tô la
E eu que sou capitalista?
E aí, falador, falador

Alguns me chamam de D2
Outros de Marcelo, sinistro, cascudo, sinônimo e subversão
Uns me chamam de consoante máximo, calça larga
Alguns até de mosquitinho, mas quer saber?
Eu faço Samba e Amor até mais tarde!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir