exibições 7.916

O meu amor me deixou
Levou minha identidade
Não sei mais nem onde estou
Nem onde a realidade
Ah! se eu fosse marinheiro
Eu é que tinha partido
Mas meu coração ligeiro
Não se teria partido
Mas se partisse colava
Com cola de maresia
Amava e desamava
Sem peso e com poesia
Ah! se eu fosse marinheiro
Seria doce o meu lar
Não só o Rio de Janeiro
A imensidão e o mar

Leste, Oeste, Norte e Sul
Onde um homem se situa
Quando o sol sobre o azul
Ou quando no mar a lua
Não buscaria conforto
Nem pensaria em dinheiro
Um amor em cada porto

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Antônio Cícero / Paulo Machado. Essa informação está errada? Nos avise.
Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog