Solidão
Porque eu sinto essa dor sem fim
Nas vielas do meu coração
Por alguém assim

Quer saber
A tristeza não é pra mim
Pra chorar sigo na multidão
Quando o sol sair

Eu devia estar sem as máscaras
Sem filtros, ou cercados de proteção
Quando a epidêmia que não te mata
Consumiu a minha razão

Tão alucinada
Já me sinto tão bem
Tão alucinada
De não mais te querer também

Solidão
Só te peço pra me esquecer
Pro desterro da sofregidão nunca mais quero regressar

Afinal
Quem me explica o que aconteceu
Um instante perdido num tempo
Onde eu não fui eu

Lembro de um cenário de lindas praias
Cheio de belezas e distrações
Onde as toxinas que mais me atraem
Te convencem com ilusões

Si quieres encontrar la solución
Aprieta el botón
Para el buen entendedor
Con pocas palabras bastan
Llama, clama,
Que tu por mi que si és así
Abre tu corazón
Alucinada

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: André Aquino / Rene Ferrer. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Bruna. Revisões por 5 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts