My Death

There's a sign carved deep
In the palm of your hand
There's a birthmade craving
Of the left side of your heart

Your life was forever structured
Composed and eternally given
The dying you produce never stops
In the sound of universal destruction

There's an inherent nihilism in your spirit

Into your glory of emptiness
I send my lifeforce. My Death

Be death with me

My Death

Odium humani generis
Odium humani generis
Odium humani generis
Odium humani generis

Minha Morte

Há um sinal encravado profundamente
Na palma da sua mão
Há uma marca de nascimento
No lado esquerdo do seu coração

Sua vida foi sempre estruturada
Composta e eternamente dada
A morte que você produz nunca para
No som da destruição universal

Há um inerente niilismo no seu espírito

Na sua glória do vazio
Eu mando a minha força vital. Minha Morte

Esteja morta, comigo

Minha Morte

Ódio da raça humana
Ódio da raça humana
Ódio da raça humana
Ódio da raça humana

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir