exibições 8.500
Foto do artista Ministério Morada

O Verdadeiro Artista

Ministério Morada


De repente, um brilho
Tudo novo ao meu redor
Da coxia ouço me chamar
Descubro que o papel é meu mesmo não sabendo o que querem de mim
Sinto o dom se expandir dentro do meu ser
Tomando conta de tudo que sou e que tenho
Também sinto o grito d'Aquele que me chamou
Ele ecoa todas as vezes que eu olho nos olhos do meu próximo
Então, me descubro um artista
Em meio a arte me lanço
Posso ser realmente aquilo que Ele quer que eu seja
Entre tantos personagens e falas
Sei que sou e que falo o que realmente tenho que ser e falar
A satisfação me consome
Tenho fome incontrolável de criação
Não consigo ficar parado
Se algo queima em mim é para que esse fogo consuma outro algo
Só sei que é impossível não responder
Maquiagem agora só para servir de removedor à outras
Vestes novas são meu figurino
O meu camarim é o secreto
O palco são as oportunidades que encontro
O elenco é a Unidade Plena
O ensaio se chama Graça sobre Graça
E o aplauso, vidas
Meu trabalho é apenas ser dirigido pelo Verdadeiro Artista
Ele cria, Ele dirige, Ele aplaude
A cortina se abriu, tenho que entrar
Eu entrei
Hoje, a melhor cena é o sorriso das pessoas
A melhor fala é o abraço de um arrependimento
O melhor figurino é saber que a plateia saiu sem vestes podendo recomeçar
A melhor canção são as batidas de um coração que voltou a viver
Se nada escuto, faço disso meu teatro mudo
Ele é o Espetáculo e eu o doador de bilhetes
Eu quero ver a casa cheia porque se entrei tenho que responder
E quando leio meu texto percebo que está em branco e entendo que meu único recurso é o céu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir