Pobre Elisa, pobre Elisa

Pobre Elisa
Do mundo se enamorou
Que o mundo que era tão seu
Tão cedo ela esqueceu

Pobre Elisa
Pensou que o mundo fosse
Caixinha que tem brinquedo
Que o mundo não tem segredo

Pobre Elisa
Boneca se fez mulher
Que tantos quiseram ter
E o mundo só fez sofrer

Pobre Elisa
A flor que se fez mulher
A flor que foi tão querida
Hoje é sombra de uma vida

Pobre Elisa, pobre Elisa

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Jorge Smera / Paulo Gesta. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog