Você tinha razão em quase tudo
Eu estava cego, eu estava mudo
Você tinha razão em quase tudo
Eu era um cara de mal com o mundo.

O que a gente não faz
Pra se sentir seguro
Descontando em orelhões
Aforgando as emoções

Eu aprendi muito
Na tua escola
Na sala de aula
No campo de bola

Você tinha razão mesmo em quase tudo
Eu dando com a cara contra o muro
Você foi um anjo e eu tão imaturo
Pagando de bandido no velho oeste querido.
Meu velho, meu amigo.

Shalalala

Você tinha razão em quase tudo
Eu estava cego, surdo e mudo
Você tinha razão mesmo em quase tudo
Eu era um cara de mal com o mundo.

(é... coisa do coração, valeu irmão, bye!)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir