Caranguejo da Praia das Virtudes (Madame Satã)

Nação Zumbi

exibições 5.491

Digo sem receio que conheço esse meio
Entre os balcões onde repousam garrafas
Com mesas servindo pra batucadas
Se responde as batidas com os calcanhares
É sempre aí que não deixo sobrar nada

Pisou macio com leveza gravitacional

A lâmina corria
A vista escurecia
E a multidão nem via
Se espremia toda a cidade
Caranguejo em praia, não faz bondade

Pisou macio com leveza gravitacional
Pisou macio com esperteza...

Sem medo, sem medo, sem medo... (2x)

Pisou macio com esperteza gravitacional
Pisou macio com leveza pra não se dar mal

Os ecos sentavam ao lado dos barracões
E as donas reverberando, virando os olhos
Com opniões

Nas quebradas com sua pastorinha no bolso
O caranguejo da Praia das Virtudes

Sem medo, sem medo, sem medo, sem medo...

Pisou macio com esperteza gravitacional

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Djeiki Sandino / Jackson Bandeira · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Tibério
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.