Pomba da Paz

Nelson Cavaquinho

exibições 7

Assim como nasce uma flor
E ninguém consegue explicar
Nasce também o amor
Que não devia acabar

Eu como não sei de onde vim
E também não sei p'ra onde vou
Vivo indeciso assim
Mas vou cantando aonde estou

Sei que existe a força do mal
Habitando mil corações
Existe também o Carnaval
Me mostrando um rei de ilusões

Mas o que é bom ninguém faz
O bem ninguém quer praticar
Por isso existe a pomba da paz
Para os homens não matar

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Guilherme de Brito / Nelson Cavaquinho · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Nelson
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.