exibições 3.228

Green and Grey

New Model Army


Green and Grey

The time I think most clearly
The time I drift away
Is on the bus ride that meanders
Up these valleys of green and grey
I get to think about what might have been
And what may yet come true
And I get to pass a rainy mile
Thinking of you
And all the while, all the while
I still hear that call
To the land of gold and poison
That beckons to us all

Nothing changes here very much
I guess you'd say it never will
The pubs are all full on Friday nights
And things get started still
We spent hours last week with Billy boy
Bleeding, yeah queueing in consualty
Staring at those posters we used to laugh at
Never never land, palm trees by the sea
Well there was no need for those guys

To hurt him so bad
When all they had to do
Was knock him down
But no one asks to many questions like that anymore
Since you left this town

And tomorrow brings another train
Another young brave steals away
But you're the one I remember
From these valleys of green and the grey

You used to talk about winners and losers
All the time - as if that was all there was
As if we were not of the same blood family
As if we live by different laws
Do you owe so much less to these
Rain swept hills

Than you owe to your good self
Is it true that the world has always got
To be something that always seems
To happen - somewhere else
For God's sake don't you realise
That I still hear that call

Do you think you're so brave
Just to go running
To that wicked beckons to us all

And tomorrow brings another train
Another young brave

No, not for one second
Did you look behind you
As you were walking away
Never once did you wish any of us well
Those who had chosen to stay
And if that's what it takes to make it
In the place that you live today
Then I guess you'll never read these
Letters that I send
From the valleys of the green and the grey

Verde e Cinza

Sobre o tempo, eu penso mais claramente
Sobre o tempo que deixei para trás
À bordo do ônibus que serpenteia
Por estes vales verdes e cinzas
Sou levado a pensar naquilo que poderia ter sido
E naquilo que ainda pode se tornar real
E atravesso quilômetros de uma estrada chuvosa
Pensando em você
E o tempo todo, o tempo todo
Eu ainda ouço aquele chamado
Para a terra de ouro e veneno
Que acena para todos nós

Nada muda muito por aqui
Eu acho que você diria que nunca vai mudar
Os pubs estão todos cheios nas noites de sexta
E coisas ainda começam
Semana Passada passamos horas com Billy boy
Sangrando na fila do ambulatório
Olhando praqueles posteres dos quais costumávamos rir
Terra do nunca, palmeiras próximas à beira mar
Bem, não havia necessidade para aqueles caras

Machucá-lo tanto
Quando tudo que eles tinham para fazer
Era nocauteá-lo
Mas ninguém faz mais tantas perguntas desse tipo
Desde que você deixou esta cidade

O amanhã traz um outro trem
Um outro jovem corajoso vai embora
Mas é de você que eu me lembro
Daqui desses vales verde e cinza

Você costumava falar sobre vencedores e perdedores
O tempo todo - como se houvesse apenas isso
Como se não fossemos do mesmo sangue
Como se vivêssemos sob leis diferentes
O senhor acha que deve
A essas colinas chuvosas

Muito menos do que deve a si próprio?
Será verdade que o mundo tem sempre que ser
Algo que parece acontecer
Em algum outro lugar?
Pelo amor de Deus, você não percebe
Que eu ainda ouço aquele chamado?

Você se acha tão corajoso
Apenas por fugir
Daquilo que chama a todos nós?

O amanhã traz um outro trem
Um outro jovem corajoso vai embora

Não, nem por um segundo
Você olhou para trás
Como se estivesse indo embora
Nenhuma vez você desejou sucesso
Para aqueles que escolheram ficar
E se é assim que se faz
No lugar onde você vive hoje
Então eu acho que você nunca vai ler
Essas cartas que eu envio
Desses vales verde e cinza

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir


Posts relacionados

Ver mais no Blog