De joelhos travo mais uma batalha
De olhos fechados vejo o impossível acontecer
Piso nos restos de uma grande muralha
Destruída pelo poder de quem luta por mim

De joelhos eu cruzo desertos
De olhos fechados vejo o mar se abrir
A fé que me faz tocar o impossível
Vem da certeza de quem vai lutar por mim

Mil cairão ao meu lado
Com meus olhos pude ver
Dez mil a minha direita
Mal algum não vou temer

Com minhas mãos levanto a bandeira
Marcada com o sangue de quem morreu por mim
À sombra da cruz descanso a minh' alma
Que venha o poder
Daquele que venceu por mim

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Duca Tambasco / Jean Carllos / Juninho Afram. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Dennis. Legendado por Miguel. Revisões por 3 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog