Quero ficar e lutar por um pouco de paz
Dentro dessa guerra
Tenho que reanimar
Toda essa juventude se não já era
Tenho que acreditar pois já vi no deserto
Um poço de água
Tenho que continuar por aí
Na velocidade do meu tempo

Cada um no seu lugar
E através do caminho vai se levando
O que se pode levar
Pra fazer a cabeça de um ser humano

Toda a vez que pinta a chuva e o sol
Pitam as cores de um arco íris
Colorindo a solidão que há em nós,
Através da fonte da alquimia.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir