A ovelhinha

Padre Antônio Maria

exibições 7.164

Setenta, oitenta, noventa e nove
Só uma não vinha,
Aquela ovelhinha a número cem
A tarde caía e o pastor dizia:
Por que que não vem?

Estará ferida, talvez já sem vida
Ou vagando sozinha
A noite chegava e o pastor
Pensava só nessa ovelhinha

Todo o seu rebanho parece estranho
Já não o alegrava
Tinha por todos amor,
O pastor, mas aquela faltava

Correu pelos montes, buscou junto às fontes,
Só ela na mente
E eis que um ruído, mas bem um gemido
Ouviu de repente

Ali, que surpresa, em espinhos presa
Como em fortes laços
Mas Pai, que pastor,
Tão cheio de amor, tomou-a nos braços

Volta pra casa contente
Diz a toda gente da sua paixão
Traz a ovelhinha cansada
Dormindo calada junto ao coração

Eu sou essa ovelhinha
Jesus é meu pastor

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir