La Dosis Perfecta

Hoy te vas, pero sé que volverás
Porque lo que yo te di, no lo encontrarás jamás
Esas noches, esos días, cuando tú te retorcías en mis brazos
Cuando veíamos estrellas y tú eras una de ellas
De esas que abrazan la tierra con su luz
Y hoy me llamas y me dices que empacas tu presencia
Que has hecho las maletas que hoy dices adiós

Y después de romper el cielo juntos
Esa forma tan tuya de hacer el amor y estallar al llegar
No, no puedo aceptar que hoy te vayas
Que me debes un cuarto de mil batallas
Y cobrarme no lo quiero, yo no quiero cobrarme
Solo quiero que tú te quedes aquí, yeh¡ yeh¡ yeh¡

Hoy mi cuerpo necesita de ti y saber
Que la dosis perfecta está en tus caderas
En tus besos, tu sonrisa
Tu cabello y ese cuerpo que me eriza

Hoy mi alma sabe que estás bien
Pero tú dime, tú dime
¿Quién estará para aliviar mi dolor?
Si ya no estás tú

Y después de romper el cielo juntos
Esa forma tan tuya de hacer el amor y estallar al llegar
No, no puedo aceptar que hoy te vayas
Que me debes un cuarto de mil batallas
Y cobrarme yo no quiero, no quiero cobrarlo
Solo quiero que tú te quedes aquí, yeh¡ yeh¡ yeh¡

Hoy mi cuerpo necesita de ti
Y saber que la dosis perfecta
Está en tus caderas en tus besos, tu sonrisa
Tu cabello y ese cuerpo que me eriza

Hoy mi alma sabe que estás bien
Pero tú dime, tú dime quién
Estará para aliviar mi dolor
Si ya no estas tú

Hoy mi cuerpo necesita de ti y saber
Que la dosis perfecta está en tus caderas
En tus besos, tu sonrisa
Tu cabello y ese cuerpo que me eriza

Hoy mi alma sabe que estás bien
Pero tú dime, tú dime quién
Estará para aliviar mi dolor
Si ya no estas tú

Hoy mi cuerpo necesita de ti y saber
Que la dosis perfecta está en tus caderas
En tus besos, tu sonrisa
Tu cabello y ese cuerpo que me eriza

Hoy mi alma sabe que estás bien
Pero tú dime, tú dime quién
Estará para aliviar mi dolor
Si ya no estás tú

Dose Perfeita

Hoje você vai mas eu sei que voltará
Porque o que eu te dei, você não encontrará jamais
Essas noites, esses dias
Quando você se retorcia em meus braços

Quando víamos estrelas e você era uma delas
Dessas que abraçam a terra com sua luz
E hoje você me chama e diz que eu impeço sua presença
Que você fez as malas e que hoje diz adeus

E depois de chegarmos juntos ao céu
Essa forma tão tua de fazer amor e explodir ao chegar
Não, não posso aceitar que você vá embora
Se mesmo você me dever um quarto de mil batalhas
Eu não quero cobra-la, eu não quero cobrar-me
Eu só quero que você permaneça aqui

Hoje meu corpo precisa de ti e saber
Que a dose perfeita esta em teus quadris
Em teus beijos, teu sorriso, teu cabelo
E esse corpo que me excita

Hoje minha alma sabe que isto é bom
Portanto diga-me, diga-me quem
Estará para aliviar minha dor
Se não for você

E depois de chegarmos juntos ao céu
Essa forma tão tua de fazer amor e explodir ao chegar
Não, não posso aceitar que você vá embora
Se mesmo você me dever um quarto de mil batalhas
Eu não quero cobra-la, eu não quero cobrar-me
Eu só quero que você permaneça aqui

Hoje meu corpo precisa de ti e saber
Que a dose perfeita esta em teus quadris
Em teus beijos, teu sorriso, teu cabelo
E esse corpo que me excita

Hoje minha alma sabe que isto é bom
Portanto diga-me, diga-me quem
Estará para aliviar minha dor
Se não for você

Hoje meu corpo precisa de ti e saber
Que a dose perfeita esta em teus quadris
Em teus beijos, teu sorriso, teu cabelo
E esse corpo que me excita

Hoje minha alma sabe que isto é bom
Portanto diga-me, diga-me quem
Estará para aliviar minha dor
Se não for você

Hoje meu corpo precisa de ti e saber
Que a dose perfeita esta em teus quadris
Em teus beijos, teu sorriso, teu cabelo
E esse corpo que me excita

Hoje minha alma sabe que isto é bom
Portanto diga-me, diga-me quem
Estará para aliviar minha dor
Se não for você

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Panteón Rococó · Esse não é o compositor? Nos avise.
Traduzida por Aline, Legendado por agumon
Viu algum erro na tradução? Envie sua correção.